Como montar uma divisória de vidro?

Como montar uma divisória de vidro? - Falando de maneira resumida, para montar uma divisória é preciso alinhar e fixar guias na parede e no teto através de parafusos; estas guias receberão as placas de vidro, que serão acomodadas junto aos cantos, para então encaixar a bandeira e fechar o painel cego. Na sequência é preciso colocar o montante (semelhante a guia) que acompanha o próximo módulo, e assim repetir o processo até a finalizar a estrutura.

O indicado é que esse processo seja efetuado por profissionais especializados no segmento e que saibam exatamente como montar uma divisória de vidro. Isso acontece porque existe estruturas diferenciadas, possibilidade da existência de porta e/ou janela, oportunidade de usar vidros com tecnologias distintas; com destaque para a necessidade de enquadrar todo o projeto dentro das normas da ABNT – ver NBR 7199 – e manter a segurança de todos. Fique atento com propostas ilusórias.

Como instalar divisória de vidro

É importante saber como montar uma divisória de vidro com eficiência para garantir todos as vantagens que a estrutura pode oferecer. Quando utilizada com criatividade as divisórias de vidro garantem predicados distintos aos ambientes, seja facilitando a higienização, trazendo mais durabilidade, estimulando a comunicação visual e escrita, permitindo supervisão de tarefas, contribuindo para a estética, enfim, são diversos benefícios capazes de anular necessidades específicas.

É importante saber com detalhes como montar uma divisória de vidro para extrair o máximo de qualidades que a estrutura pode oferecer para um projeto. Vale lembrar ainda que o mercado oferece vidros com tecnologias distintas capazes de garantir privacidade e confortos acústico e térmico aos usuários, tornando os painéis de divisórias com vidro em uma ótima alternativa para organizar ambientes distintos. Não por acaso o mercado oferece:

- Divisórias de vidro para cozinha e outros cômodos - Divisórias para lavanderia - Divisória para escritórios e home offices - Divisórias corporativas

Empresas de diversos segmentos recorrem a instalação de divisórias de vidro para melhorar o cotidiano laboral. No universo corporativo a divisória em vidro pode ampliar o alcance do marketing empresarial, facilitar a comunicação dos colaboradores e supervisão do andamento das tarefas, pode trazer destaque para ambientes singulares (como sala de diretoria) e ainda ajudar na exposição de ideias – tendo em vista que a divisória de vidro pode fazer o papel de lousa/painel de informações.

  Como montar uma divisória de vidro

Como colocar divisórias de vidro

Com criatividade e mão de obra qualificada as divisórias de vidro delimitam e organizam o ambiente enquanto agrega estética, modernidade e funcionalidade aos espaços. Entretanto, é preciso destacar que não basta saber, superficialmente, como montar uma divisória de vidro, é preciso capacidade para manter todo o projeto dentro das diretrizes e normas da ABNT. Lembre-se de que para cada aplicação existe um tipo de vidro, e com as divisórias esse cenário não seria diferente.

A ABNT, através da NBR 7199, dita as principais regras para o uso do vidro na arquitetura e construção civil. Tecnicamente, ao considerar a finalidade da estrutura e o fato de se manter em contato direto com as pessoas, é preciso aplicar vidros de segurança, com exceção para as divisórias instaladas acima de 1,10m em relação ao piso, que além dos vidros de segurança podem ser compostas por vidros comuns e/ou impressos, encaixilhados ou colados por todo o perímetro.

Aqui fazemos um destaque para os modelos considerados vidro de segurança:

- Vidro laminado - Vidro temperado - Vidro aramado

Vale lembrar que a estrutura pode ser fabricada com vidro insulado (vidro duplo), cenário que amplifica as funcionalidades e características de conforto e segurança da divisória; além de permitir a utilização de vidros de tecnologias diferentes em uma mesma aplicação. Interessante, não? Esperamos que tenha entendido como montar uma divisória de vidro e, se precisar de ajuda profissional, conte com a equipe da SEV Exclusivv.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Pode colocar espelho em frente a TV?

A decoração com espelhos é versátil e atribui particularidades únicas aos ambientes, entretanto, é preciso alguns cuidados para não tornar o local confuso e/ou visualmente desconfortável. Por isso, especialistas não aconselham colocar espelho em frente a TV, pois esse cenário pode trazer a sensação de reflexão infinita, mesmo motivo pelo qual não é indicado colocar um espelho em frente ao outro; outra dica consiste em não instalar espelhos em locais que refletiria ambientes impróprios, como banheiros, por exemplo.

Para falar mais sobre este assunto preparamos esse artigo especial para você que pergunta se pode colocar espelho em frente a TV. Vamos compreender um pouco mais sobre o papel dos espelhos na decoração e de que forma esse elemento pode enriquecer seus ambientes, esteticamente e funcionalmente falando. Leia esse artigo até o final e entenda como o espelho pode trazer singularidade e exuberância sem prejudicar a decoração ou o conforto do seu ambiente.

Espelhos Bronze
Espelhos Bronze

Onde não colocar espelhos?

Dando continuidade ao nosso texto dizendo se pode colocar espelho em frente a TV, apesar de o espelho ser um acessório coringa para a decoração, considere que esse elemento duplica tudo e, da mesma forma que pode amplificar um espaço visualmente falando, também pode replicar os objetos de um ambiente e deixar o local ainda mais carregado. O mesmo cenário pode ocorrer com locais com amplo fluxo de pessoas, onde o espelho pode causar a sensação de que aquele cenário está menor e cheio de gente.

A capacidade de reflexão do espelho interage de diferentes formas com a decoração de uma edificação, razão pela qual é preciso harmonizar com maestria aquilo que será duplicado – imagina, por exemplo, um espelho refletindo a porta do banheiro ou outro ambiente privativo, pode ser constrangedor. Ainda falando se pode colocar espelho em frente a TV, neste caso dê preferência para refletir ornamentos, esculturas, vasos, quadros, plantas, etc.

Evite também colocar espelhos atrás de aparelhos eletrônicos, pois o produto pode duplicar a quantidade de fios ali presentes! Ao instalar espelhos é preciso levar em conta as dimensões do ambiente, desejos dos usuários e as funcionalidades esperadas do espelho. Por esse motivo é preciso considerar as indicações de profissionais, que através da experiência e estudos são capazes de harmonizar o que será replicado para criar cenários dignos de apreciação.

Dicas de onde deve ficar o espelho

Ainda comentando se pode colocar espelho em frente a TV, se estiver com dúvidas, vá por etapas. Comece com apenas um acessório ou composições de espelhos em tamanhos menores e diferentes, mas sempre com cuidado para não criar desarmonia decorativa. Considere ainda que, na decoração de ambientes, um elemento decorativo não pode ser visualizado de forma isolada, razão pela qual o espelho precisará dialogar com outros elementos daquele espaço.

E já finalizando nosso artigo dizendo se pode colocar espelho em frente a TV, se ainda assim restar dúvidas, mantenha contato com um profissional da nossa equipe. Aqui, na SEV Exclusivv, trabalhamos com colaboradores qualificados e consultoria especializada em arquitetura com vidros e espelhos, ou seja, somos capazes de tirar as suas dúvidas e elaborar um projeto com espelhos bonito, funcional e totalmente dentro das normas regulamentadoras nacionais. Acesse nosso site e conheça nossa linha de espelhos!

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Qual o mais caro, policarbonato ou vidro?

Atualmente, o policarbonato é mais caro que o vidro. Nessa conta é preciso considerar, além do preço do metro quadrado de cada material, os benefícios, vantagens e desvantagens de cada cobertura. O policarbonato, além de ser mais caro que o vidro, oferece desvantagens relacionadas à funcionalidade, estética (podem ficar opacas) e manutenção - pois suja com facilidade e sua estrutura dificulta o acesso para limpeza.

Ainda falando sobre qual o mais caro, policarbonato ou vidro, é importante destacar que o policarbonato exige mais episódios de limpeza, o que pode encarecer o projeto no final das contas, lembrando que esse tipo de estrutura é construída para durar muitos anos. É preciso, também, considerar questões relacionadas ao conforto térmico, que, quando presentes no policarbonato, não são tão eficientes se comparado ao vidro.

Em favor do vidro e para facilitar o entendimento sobre qual o mais caro, policarbonato ou vidro, destacamos que é possível atribuir propriedades térmicas às chapas de vidro, cenário que permite que a luz natural entre no ambiente, porém, mantenha a maior parte do calor do lado de fora. Além disso, o mercado vidreiro oferece uma vasta lista de opções de vidros e beneficiamentos possíveis de serem atribuídos às placas, como o vidro colorido, vidro acústico, vidro de controle solar, vidro autolimpante, etc.

O vidro autolimpante, por exemplo, é perfeito para coberturas e pergolados, pois possui tecnologia capaz de se limpar sozinho, apenas como auxílio dos raios solares e água da chuva. Existem ainda alternativas que garantem a privacidade, amplificam a resistência e durabilidade, atribuem singularidade, etc; cenário que invariavelmente valoriza o imóvel por completo, seja do ponto de vista decorativo ou financeiro, demonstrando, no final das contas, porque o vidro é mais barato que o policarbonato.

Cobertura Vidro Pergolado

Vidro ou policarbonato

Principais alternativas para projeção de coberturas translúcidas, o vidro e o policarbonato dividem o protagonismo nesse segmento. Para complementar nosso artigo sobre qual o mais caro, policarbonato ou vidro, o policarbonato possui suas vantagens, como o fato de ser mais leve que o vidro – o que exigiria, em tese, estruturas menos robustas para a instalação; porém, existem diversos registros relacionados à dificuldade de limpeza que esse tipo de material oferece.

Isso acontece porque o policarbonato costuma ser maleável, o que facilita a infiltração de sujeiras nas junções das placas. O fato de ser maleável dificulta ainda mais a limpeza da estrutura, pois a flexibilidade do policarbonato não oferece segurança ou confiança para os usuários fazer o procedimento, sendo que em alguns casos é preciso utilizar equipamentos de segurança. Todos esses fatores devem ser considerados para definir qual o mais caro, policarbonato ou vidro.

É importante lembrar que, independente do material escolhido, a estrutura deve estar harmonizada com as normas da ABNT, pois dessa forma o usuário aproveita todos os benefícios da aplicação com o máximo de segurança possível. Caso queira conhecer um pouco sobre os benefícios do vidro para coberturas, acesse o site da SEV Exclusivv. Trabalhamos somente com vidros especiais e total comprometimento com segurança.

E já finalizando nosso tema sobre qual o mais caro, policarbonato ou vidro, destacamos que por aqui você encontra consultoria especializada e profissionais qualificados e experientes em instalação de cobertura fixa, cobertura em pergolado, cobertura autolimpante, cobertura acústica, cobertura de vidro retrátil automática e manual, cobertura de controle solar e outras. Pensou em vidro? Pensou SEV Exclusivv.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

O que colocar ao redor do espelho?

A decoração com espelhos é fantástica e muito versátil. Para ampliar a proteção das bordas do espelho e trazer maior impacto visual é possível optar por molduras fabricadas de vários materiais, como madeira, MDF, gesso, etc. A lista de materiais para colocar na borda do espelho é vasta e por esse motivo separamos algumas dicas e alternativas interessantes para você que procura o que colocar ao redor do espelho.

O que colocar na borda do espelho?

O espelho sempre foi utilizado como um item decorativo. A moldura do espelho funciona como um acabamento final, finalizando a composição e deixando o ambiente ainda mais bonito. O impacto visual que um espelho emoldurado causa é inquestionável, mas nem sempre as molduras disponíveis no mercado agradam ou estão acessíveis financeiramente. Sendo assim, devemos deixar a borda do espelho desprotegida? Como alternativa, o que colocar ao redor do espelho?

Com um pouco de imaginação é possível criar molduras singulares para os espelhos. A lista de materiais para colocar na borda do espelho é grande e varia de materiais populares - como a moldura para espelho com EVA, moldura de gesso, plástico ou madeira - até materiais atípicos, como a moldura de papelão para espelho, moldura de isopor e até molduras feitas com forma de bolo! Ficou curioso? Veja a lista abaixo, com algumas dicas sobre o que colocar ao redor do espelho.

- EVA

- Corda, lã

- Grampos de roupa, botões

- Galhos de árvore, palito de picolé

- Conchas e pedras

- Gesso

- Plástico

- MDF

Espelhos Revestido
Espelhos Revestido

O MDF é um material muito indicado para fazer moldura de espelhos. Além da sua versatilidade, o material facilita o corte e diversos acabamentos diferentes, de modo que, no final, fica com aparência semelhante à moldura de madeira. Ainda comentando sobre o que colocar ao redor do espelho, um espelho emoldurado, independente do formato da peça ou material escolhido para criação da moldura, invariavelmente oferecerá estética e inovação a qualquer ambiente.

Veja abaixo outras dicas interessantes que preparamos para você que pesquisa sobre o que colocar na borda do espelho:

- Se você possuir uma moldura antiga, que tal renová-la? A tinta spray é ótima parceira para recuperar molduras antigas e deixa-las como novas.

- Para complementar nosso texto sobre o que colocar ao redor do espelho, se a intenção é criar cenários clássicos ou românticos, use e abuse de materiais para criar molduras refinadas.

- Se deseja utilizar o espelho para ampliar os ambientes, opte por materiais para fazer molduras simples e discretas, pois desta forma haverá menos interferência visual.

- Molduras discretas e cores neutras são indicadas para decorações modernas e minimalistas. Já as decorações clássicas harmonizam com molduras requintadas.

- Se você estiver procurando o que colocar ao redor do espelho do banheiro, evite materiais sensíveis a umidade.

Espelhos SEV Exclusivv

Você conhece os modelos de espelhos comercializados pela SEV Exclusivv? Por aqui você encontra modelos trabalhados com atenção nos mínimos detalhes, comprometimento e segurança. Nossos projetos são personalizados e em total harmonia com as normas da ABNT.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Qual o melhor material para cobrir um pergolado?

Quando comparado todos os fatores, vantagens e funcionalidades, o vidro é o melhor material para cobertura de pergolado. Isso acontece porque materiais como o policarbonato dilatam e são menos resistentes se comparados com o vidro, por exemplo. Além disso, o vidro permite customização e inúmeros beneficiamentos, como tratamento acústico e térmico. Isso agrega valor e conforto ao projeto e ajuda a explicar qual o melhor material para cobrir um pergolado.

O que dura mais vidro ou policarbonato?

Para entender melhor esse raciocínio é preciso considerar o custo x benefício que cada material oferece. Apesar de, num primeiro momento, a cobertura de vidro para pergolado exigir maior investimento financeiro, esse aporte ‘se paga’ com o passar do tempo, tendo em vista que o vidro possui resistência e durabilidade elevada e não dilata - como acontece com o policarbonato. Continue a leitura e entenda qual o melhor material para cobrir um pergolado.

O vidro é um material de baixa deterioração, uma particularidade que indica que a cobertura de vidro sofrerá menos desgaste nas ocasiões de limpeza ou devido a intempéries. Esse cenário indica que o pergolado exigirá pouca manutenção e representa economia de dinheiro. Só é preciso ficar atento, pois para que todos esses benefícios esteja presente é preciso utilizar o vidro correto, conforme indicado pelas normas da ABNT.

Ainda comentando sobre qual o melhor material para cobrir um pergolado, é válido destacar que uma cobertura de vidro agrega valores inestimáveis à um projeto, sejam eles relacionados à valorização financeira do imóvel, contribuição estética e/ou as inúmeras vantagens que somente uma cobertura de vidro para pergolado pode oferecer. Por isso é importante procurar consultoria especializada no momento de definir qual a melhor cobertura para pergolado.

Estrutura de Cobertura de Vidro

Cobertura para pergolado que não esquenta

Ao contrário do que muita gente fala, a cobertura de vidro não esquenta, desde que, obviamente, seja fabricada com os vidros corretos. Para enriquecer nosso artigo sobre qual o melhor material para cobrir um pergolado, destacamos que o mercado vidreiro disponibiliza vidros com tecnologias inovadoras capazes de bloquear a entrada da maior parte das ondas de calor.

É válido destacar que o vidro laminado (tipo de vidro indicado para pergolado) naturalmente oferece uma barreira contra ondas sonoras e solares devido à sua configuração, que oferece um obstáculo para a passagem de som e calor devido às duas ou mais placas de vidro e película(s) de alta aderência. Porém, é possível amplificar essas vantagens ao utilizar, por exemplo, PVB acústico (vidro acústico) e/ou vidros de conforto térmico.

Vidro ou policarbonato? O que usar na cobertura?

Como pudemos perceber nesse artigo sobre qual o melhor material para cobrir um pergolado, o vidro oferece vantagens impossíveis de serem alcançadas com o policarbonato, como é o caso das possibilidades de customização. Outra vantagem a favor do vidro nesse confronto está relacionada à durabilidade elevada e oferta de tecnologias e beneficiamentos diversos.

Vale reforçar que o vidro indicado para pergolado, ou seja, o vidro laminado contém uma película adesiva em sua composição que fica responsável por manter suspensos todos os fragmentos de vidro nos raros casos de estilhaçamento da placa. Essa característica do vidro laminado é essencial para esse tipo de estrutura, afinal de contas, já imaginou os pedaços de vidros caindo da cobertura do pergolado, o acidente que não poderia causar?

E para finalizar nosso artigo sobre qual o melhor material para cobrir um pergolado, relembramos sobre a necessidade de manter um projeto de arquitetura com vidros totalmente em conformidade com as normas da ABNT. Esse cenário garante segurança aos usuários e o máximo de aproveitamento das vantagens que o pergolado de vidro pode oferecer. Em caso de dúvidas, mantenha contato com um colaborador de nossa equipe.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Qual o melhor vidro para claraboia?

Segunda determina a ABNT NBR 7199, o melhor vidro para claraboia é o laminado ou aramado. Isso acontece porque, em caso de estilhaçamento, esses modelos de vidros são capazes de manter os fragmentos (cacos) presos a si e o vão fechado até manutenção. O mesmo cenário se aplica para outras estruturas do gênero, como coberturas, marquises, fachadas inclinadas, guarda-corpo inclinado e outras aplicações com vidros inclinados instalados abaixo de 1,10m em relação ao piso.

Ainda comentando sobre qual o melhor vidro para claraboia, o vidro insulado é outra categoria habilitada a participar de claraboias, desde que a placa interior da estrutura seja composta de vidro laminado ou aramado. Vale destacar, ainda, que o vidro laminado de temperado também pode ser utilizado nesse tipo de cobertura, entretanto, o vidro temperado tradicional e/ou os vidros comuns não podem ser instalados em claraboia. Fique atento!

É de extrema importância que a claraboia – e qualquer outra estrutura envidraçada – seja projetada conforme determinam as normas da ABNT, pois as diretrizes regulamentadoras garantem a segurança do ambiente e das pessoas, além de possibilitar que os usuários aproveitem ao máximo os benefícios e funcionalidades do vidro. Sendo assim, é preciso contratar serviços de profissionais que reconhecidamente sabem qual o melhor vidro para claraboia.

Aqui, na SEV Exclusivv, o cliente conta com consultoria especializada e profissionais altamente qualificados no assunto. Além da experiência no segmento, nos comprometemos em manter um projeto de arquitetura com vidros completamente dentro das normas da ABNT, do início das obras até o acabamento final. E para enriquecer ainda mais nosso texto sobre qual o melhor vidro para claraboia, vamos comentar um pouco mais sobre os modelos indicados para esse tipo de estrutura.

Cobertura de Vidro
Cobertura de Vidro

- Vidro laminado

 O vidro laminado é a principal alternativa de vidro para claraboia. Sua configuração garante durabilidade e resistência elevada para a estrutura, inclusive funcionando como um obstáculo para a passagem de som e calor para dentro das edificações. Todos esses benefícios estão presentes graças à configuração do modelo, que utiliza duas ou mais placas de vidro intercaladas com películas de alta aderência e unidas através do calor.

Para auxiliar no entendimento sobre qual o melhor vidro para claraboia, a configuração dos vidros laminados naturalmente oferece resistência devido à junção das placas de vidro; entretanto, a película de alta aderência fica responsável por segurar os pedaços de vidro presos a si em casos de fragmentação da placa. Essa característica é fundamental para estruturas do gênero, afinal de contas, já pensou o tamanho do acidente que um pedaço de vidro causaria se caísse de vários metros de altura?

- Vidro aramado

Assim como o vidro laminado, o aramado também é classificado como vidro de segurança e figura na lista sobre qual o melhor vidro para claraboia. O modelo ganha essa classificação por também se fragmentar de maneira segura ao usuário. Isso acontece porque o vidro aramado ganha uma rede metálica incorporada à sua massa ainda durante o processo de fabricação. Essa rede metálica, além de trazer resistência superior, também é capaz de manter a placa de vidro suspensa à estrutura em casos de estilhaçamento.

Vidro insulado

E para finalizar nosso artigo sobre qual o melhor vidro para claraboia, o vidro insulado, também conhecido como vidro duplo, é uma alternativa eficaz para compor claraboias e outras estruturas do segmento. Esse modelo possui uma configuração singular que permite a utilização de duas ou mais placas de vidro em uma estrutura, ou seja, possibilita a combinação de tecnologias do vidro. Esse cenário é muito bem-vindo, pois é possível, por exemplo, amplificar as propriedades acústicas e o conforto térmico dentro das edificações.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Qual box de banheiro é mais barato?

O box de banheiro de acrílico tende a ser mais barato que o box de vidro, porém, oferece menos funcionalidades, são mais frágeis e de baixa durabilidade, pois trincam ou racham com facilidade. O box de vidro, apesar de possuir um preço inicial maior se comparado ao box de acrílico, trata-se de um investimento, pois o vidro agrega valorização e outros predicados à estrutura, que pode receber personalização e durar por muitos e muitos anos com aparência de nova, organizando e garantindo a segurança de todos os usuários.

Portanto, no momento de definir qual box de banheiro é mais barato, é preciso considerar todos esses fatores, afinal de contas, de que adianta pagar mais barato em algo que precisará de manutenção e troca frequentemente? Ou investir em um material que oferece menos segurança que o outro? No final das contas, o barato acaba saindo mais caro e é preciso ficar muito atento à essas particularidades para investir seu dinheiro corretamente.

Ainda comentando sobre qual box de banheiro é mais barato, lembre-se, por exemplo, de que o box de vidro precisa ser fabricado com vidros temperados ou laminados, dois modelos classificados como vidros de segurança pelas normas regulamentadoras. Essa classificação ocorre porque esses tipos de vidros, além de serem mais resistentes, nos raros casos de quebra se fragmentam de maneira segura aos usuários, impedindo acidentes sérios.

Box de Vidro

Já o box de acrílico, além de não oferecer resistência parecida com a dos vidros de segurança, quando quebrado se fragmenta em pedaços pontiagudos que ficam suspensos na estrutura, oferecendo uma grande chance de acidente para os usuários. Fique atento na hora da escolha e sempre consulte um profissional habilitado e que comprovadamente sabe qual box de banheiro é mais barato para o seu caso.

Além disso e independente da sua escolha, fique atento com propostas fora dos padrões do mercado. Considere que um orçamento abaixo dos valores praticados no mercado tem grandes chances de entregar qualidade limitada, seja na categoria dos elementos e insumos, seja na experiência e capacidade da equipe responsável pela mão de obra. Em caso de dúvidas, mantenha contato com um colaborador de nossa equipe!

Box de vidro para banheiro

Pra você que procura qual box de banheiro é mais barato, precisa conhecer todas as opções de box de vidro oferecidos pela SEV Exclusivv. Por aqui garantimos que seu box para banheiro será projetado desde o início até o fim em harmonia com as normas regulamentadoras da ABNT. Além disso, possuímos equipe credenciada e consultoria especializada para auxiliar o consumidor a tirar todas as suas dúvidas relacionadas à arquitetura com vidros.

Acesse nosso site e veja qual box de banheiro é mais barato para o seu caso. Lembramos que trabalhos com vidros especiais, comprometimento com a arquitetura e segurança para todos os envolvidos. Estamos prontos para te entregar desde box de banheiro padrão até os projetos mais desafiadores, como box vidro curvo, box de vidro personalizado, box elegance, etc. Venha para a SEV Exclusivv, por aqui seus sonhos se tornam realidade.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Onde posso usar espelhos?

Os espelhos combinam com todos os estilos de decoração e se adaptam facilmente em ambientes de qualquer tamanho, basta escolher o modelo adequado. A versatilidade do espelho é um dos fatores que o tornaram indispensáveis para a arquitetura e construção civil. Ainda falando sobre onde posso usar espelhos, esse elemento pode ser usado para trazer funcionalidade, valorização estética, personalização do ambiente, amplitude visual, etc.

Onde se coloca espelhos?

O mercado vidreiro disponibiliza vários modelos de espelhos para as edificações, como é o caso dos:

- Espelhos para quarto

- Revestimento de móveis e paredes

- Espelhos para sala pequena

- Espelhos coloridos

- Espelho para sala de jantar

- Espelho para banheiro

- Espelhos decorativos

- Dentre outros

Dando continuidade ao nosso artigo sobre onde posso usar espelhos, destacamos que ainda podemos contar com modelos personalizados, como os espelhos coloridos, espelho com moldura ou com bordas trabalhadas. Cada tipo pode ser aplicado para interagir de maneira distinta com o ambiente conforme as necessidades dos usuários. Por esse motivo é importante procurar auxílio de equipes especializadas no assunto, capazes de realizar um estudo do local e desejos dos usuários para indicar o melhor modelo para o caso.

De qualquer forma, para você que se pergunta onde posso usar espelhos, abaixo elaboramos uma lista de 05 vantagens do uso de espelho na decoração, com características e funcionalidades capazes de alcançar como o uso deste elemento, dessa forma fica mais fácil para você harmonizar as suas necessidades aos benefícios oferecidos.

Espelho Led Camarim
Espelho Led Camarim

1 - Amplitude visual

A possibilidade de manipular a amplitude visual é um dos benefícios mais procurados com o uso dos espelhos nos locais. Com um pouco de estudo é possível duplicar o espaço de um determinado ambiente, visualmente falando. Sendo assim, o espelho se torna ótima alternativa para usar em espaços pequenos ou que desejam parecer ainda maiores.

2 - Integração de espaços

Dando continuidade à nossa lista sobre onde posso usar espelhos, esses elementos também são indicados para integrar espaços, como ambientes interno e externo. Para isso é preciso instalar um espelho na parede contrária à paisagem que deseja refletir e ver a magia acontecer. É uma opção para trazer um jardim para dentro de casa, por exemplo!

3 - Manipulação da iluminação

O espelho possibilita que o usuário interaja com a iluminação do ambiente. Dessa forma é possível criar decorações que deixam o ambiente mais iluminado (com o uso de espelhos prata em locais estratégicos) ou mais privativo e intimista (com o uso do espelho bronze e espelho fumê na decoração).

4 - Valorização da estética

A valorização estética é outro fator a considerar e por isso participa da nossa lista sobre onde posso usar espelhos. Considere, por exemplo, que os espelhos permitem a criação de decorações singulares, capazes de atribuir uma assinatura única ao local. Lembramos que esse cenário é considerado na ocasião da venda de um imóvel, por exemplo.

5 - Coringa na decoração

O espelho é considerado unanimidade para diversos profissionais devido à sua versatilidade, como já comentamos nesse texto sobre onde posso usar espelhos. Não por acaso esse elemento é frequentemente utilizado para esconder vigas, muretas, pilares e outras estruturas de uma maneira fácil, rápida e funcional.

Não podemos finalizar esse texto sobre a uso dos espelhos nos locais sem deixar de falar sobre a possibilidade de utilizar o espelho no revestimento de móveis e de paredes. É uma alternativa para pessoas que não podem fazer grandes modificações nas casas, mas desejam usufruir dos benefícios e vantagens do espelho na decoração. Em caso de dúvidas acesse nosso site e contate um de nossos colaboradores. Possuímos consultoria especializada no assunto. Venha para a SEV Exclusivv.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Vergas e contra vergas são dois elementos essenciais na projeção de vãos de edificações de alvenaria. A verga e a contra verga são vigas acomodadas em aberturas e servem para distribuir as cargas e tensões em vãos como janelas e portas, por exemplo. A verga é a viga que fica na parte de cima da abertura, enquanto que a contra verga é instalada na parte de baixo. Ambos elementos são peças estruturais e podem ser feitas de aço e concreto.

Podem ser fabricadas diretamente na obra ou adquiridas pré-moldadas. Precisam ter cumprimento maior que a abertura, exigindo apoio dos dois lados (no mínimo 30 cm) para garantir que as cargas sejam absorvidas corretamente. Leia esse artigo especial sobre o que são vergas e contra vergas e para que servem e entenda mais sobre qual a importância desses elementos estruturais em uma edificação.

O que são vergas e contra vergas?

Para compreender o que são vergas e contra vergas e para que servem precisamos entender que as paredes de uma edificação estão em constante tensão devido a fatores como:

- O próprio peso da estrutura;

- Ventos e outras intempéries;

- Dilatação e contração de materiais devido à variação de temperatura;

- Angulação do terreno, trepidação do solo, etc.

Ainda explicando o que são vergas e contra vergas e para que servem, quando uma parede não possui aberturas, essas tensões ocorrem de cima para baixo e se distribuem de maneira uniforme pela alvenaria. Entretanto, quando existem aberturas essas tensões são direcionadas para as quinas e centros das mesmas, ou seja, vãos como portas e janelas são as regiões onde se concentram os maiores pontos de tensão, causando rachaduras e fissuras nas paredes.

Sendo assim, para compreender melhor o que são vergas e contra vergas e para que servem, entenda que é preciso ter um elemento que ficará responsável por absorver essa tensão que é direcionada para as aberturas, o que quer dizer que as vergas e contra vergas servem, basicamente, para evitar que esta tensão seja ‘liberada’ nessas regiões e provoque fissuras e rachaduras. Por esse motivo elas ficam acomodadas na parte de cima e de baixo de portas, janelas e outras aberturas do gênero.

Vale destacar que a contra verga não precisa ser utilizada em toda aplicação, sendo comum em janelas ou outros tipos de abertura com necessidade de peitoril. Além do mais, na hora de especificar a verga e contra verga, é preciso considerar fatores como dimensão do vão, altura e largura das vigas, tamanho dos apoios, necessidade de reforço (armadura), etc. Em caso de dúvidas, não hesite em procurar consultoria especializada com profissionais que comprovadamente sabem o que são vergas e contra vergas e para que servem!

FAQ – Perguntas e Respostas

Qual é a função das esquadrias?

As esquadrias possuem funções essenciais para qualquer edificação, pois ficam responsáveis pelo fechamento dos vãos e permite que o usuário controle fatores como entrada de luz e ventilação no ambiente, integração de espaços, proteção contra intempéries, entrada e saída de pessoas, etc.

Esquadrias de Aluminio
Esquadrias de Aluminio

O que são as esquadrias?

As esquadrias são elementos estruturais de extrema importância para as edificações. Podem sem fabricadas em diversos materiais e possuem aberturas diferenciadas, contribuindo para a oferta de luz e ventilação nos ambientes. São popularmente chamadas pela função que exercem, como portas, janelas, portões, etc.

porque esquadrias de alumínio?

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.