Qual o melhor material para cobrir um pergolado?

Quando comparado todos os fatores, vantagens e funcionalidades, o vidro é o melhor material para cobertura de pergolado. Isso acontece porque materiais como o policarbonato dilatam e são menos resistentes se comparados com o vidro, por exemplo. Além disso, o vidro permite customização e inúmeros beneficiamentos, como tratamento acústico e térmico. Isso agrega valor e conforto ao projeto e ajuda a explicar qual o melhor material para cobrir um pergolado.

O que dura mais vidro ou policarbonato?

Para entender melhor esse raciocínio é preciso considerar o custo x benefício que cada material oferece. Apesar de, num primeiro momento, a cobertura de vidro para pergolado exigir maior investimento financeiro, esse aporte ‘se paga’ com o passar do tempo, tendo em vista que o vidro possui resistência e durabilidade elevada e não dilata - como acontece com o policarbonato. Continue a leitura e entenda qual o melhor material para cobrir um pergolado.

O vidro é um material de baixa deterioração, uma particularidade que indica que a cobertura de vidro sofrerá menos desgaste nas ocasiões de limpeza ou devido a intempéries. Esse cenário indica que o pergolado exigirá pouca manutenção e representa economia de dinheiro. Só é preciso ficar atento, pois para que todos esses benefícios esteja presente é preciso utilizar o vidro correto, conforme indicado pelas normas da ABNT.

Ainda comentando sobre qual o melhor material para cobrir um pergolado, é válido destacar que uma cobertura de vidro agrega valores inestimáveis à um projeto, sejam eles relacionados à valorização financeira do imóvel, contribuição estética e/ou as inúmeras vantagens que somente uma cobertura de vidro para pergolado pode oferecer. Por isso é importante procurar consultoria especializada no momento de definir qual a melhor cobertura para pergolado.

Estrutura de Cobertura de Vidro

Cobertura para pergolado que não esquenta

Ao contrário do que muita gente fala, a cobertura de vidro não esquenta, desde que, obviamente, seja fabricada com os vidros corretos. Para enriquecer nosso artigo sobre qual o melhor material para cobrir um pergolado, destacamos que o mercado vidreiro disponibiliza vidros com tecnologias inovadoras capazes de bloquear a entrada da maior parte das ondas de calor.

É válido destacar que o vidro laminado (tipo de vidro indicado para pergolado) naturalmente oferece uma barreira contra ondas sonoras e solares devido à sua configuração, que oferece um obstáculo para a passagem de som e calor devido às duas ou mais placas de vidro e película(s) de alta aderência. Porém, é possível amplificar essas vantagens ao utilizar, por exemplo, PVB acústico (vidro acústico) e/ou vidros de conforto térmico.

Vidro ou policarbonato? O que usar na cobertura?

Como pudemos perceber nesse artigo sobre qual o melhor material para cobrir um pergolado, o vidro oferece vantagens impossíveis de serem alcançadas com o policarbonato, como é o caso das possibilidades de customização. Outra vantagem a favor do vidro nesse confronto está relacionada à durabilidade elevada e oferta de tecnologias e beneficiamentos diversos.

Vale reforçar que o vidro indicado para pergolado, ou seja, o vidro laminado contém uma película adesiva em sua composição que fica responsável por manter suspensos todos os fragmentos de vidro nos raros casos de estilhaçamento da placa. Essa característica do vidro laminado é essencial para esse tipo de estrutura, afinal de contas, já imaginou os pedaços de vidros caindo da cobertura do pergolado, o acidente que não poderia causar?

E para finalizar nosso artigo sobre qual o melhor material para cobrir um pergolado, relembramos sobre a necessidade de manter um projeto de arquitetura com vidros totalmente em conformidade com as normas da ABNT. Esse cenário garante segurança aos usuários e o máximo de aproveitamento das vantagens que o pergolado de vidro pode oferecer. Em caso de dúvidas, mantenha contato com um colaborador de nossa equipe.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Quanto custa um telhado de vidro?

Apesar de existir registros de preço de telhado de vidro a partir de R$ 200,00 m², o valor final do telhado de vidro depende de diversos fatores. Isso quer dizer, por exemplo, que para definir quanto custa um telhado de vidro é preciso considerar particularidades como tipo de vidro, tamanho do vão e espessura do vidro, insumos utilizados na instalação (alumínio, madeira, calhas, rufos, etc), mão de obra especializada, dentre outros.

É preciso ainda considerar possíveis beneficiamentos para garantir conforto térmico, privacidade, alívio acústico, dentre outros. Essas necessidades são reveladas após um estudo aprofundado do projeto, feito geralmente por profissionais especializados. Por isso, a melhor forma de saber quanto custa um telhado de vidro é solicitando um orçamento para lojas do ramo. A equipe responsável deve garantir que manterá todo o projeto dentro das normas da ABNT, pois esse cenário é de imprescindível para esse tipo de arquitetura.

Sendo assim, fique atento às propostas fora do padrão de mercado ou instalações em desconformidade com as normas da ABNT. Saiba que um telhado de vidro fabricado com vidros não indicados pode comprometer não só a estrutura, mas principalmente a segurança de todos os usuários. Em caso de dúvidas, mantenha contato com um colaborador SEV Exclusivv, teremos o maior prazer em esclarecer as suas dúvidas e oferecer um orçamento de quanto custa um telhado de vidro conforme suas necessidades.

Quanto custa o metro quadrado do telhado de vidro?

Conforme já comentado no início desse texto, o valor do m² do telhado de vidro varia conforme as particularidades da estrutura. Abaixo listaremos, por exemplo, alguns dos fatores que interagem com preço final do metro quadrado do telhado de vidro, para auxiliar no entendimento sobre quanto custa um telhado de vidro; veja:

- Tipo de vidro: A ABNT dita que os tipos de vidros indicados para telhado de vidro devem ser laminados ou amarados, dois modelos classificados como vidros de segurança e capazes de manter os estilhaços de vidro presos na estrutura (telhado) em caso de fragmentação, ou seja, caso o telhado de vidro se quebre os pedaços de vidro não se espalharão e cairão no ambiente e/ou usuários.

- Tamanho do vão a ser preenchido: O tamanho do vão que o vidro ocupará também é determinante para saber quanto custa um telhado de vidro. Isso ocorre porque, quanto maior o vão, maior deve ser a espessura da placa de vidro para garantir a estabilidade. E, como é de se esperar, quanto mais grossa a placa de vidro, mais caro ela será consequentemente.

- Insumos utilizados na instalação: Os materiais necessários para a instalação é outro fator que determina quanto custa o metro quadrado do telhado de vidro. Considere, por exemplo, que a estrutura do telhado de vidro pode ser fabricada com materiais diversos, como o alumínio, madeira, alvenaria, etc. Além disso, a instalação pode exigir outros elementos, como calhas e rufos.

- Beneficiamentos adicionais: Dependendo da localização da edificação, o telhado de vidro pode exigir vidros que diminuam o calor do local, tragam alívio acústico, privacidade visual, dentre outros benefícios. Dessa forma a estrutura pode exigir o uso de vidros especiais e com preços diferenciados, como o vidro de conforto térmico, vidro acústico, vidro refletivo, etc, com a possibilidade de combinar tecnologias.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Qual o melhor vidro para cobertura de pergolado?

O vidro indicado para cobertura de pergolado é o vidro laminado, conforme consta nas normas da ABNT, principalmente na NBR 7199 – vidro para cobertura. Isso acontece porque nos raros casos de quebra o vidro laminado fica semelhante a uma teia de aranha e mantém os fragmentos de vidro presos a si, conservando aquele determinado vão fechado e intransponível até a manutenção – cenário indispensável para estruturas como o pergolado. A referida norma ainda cita que é possível aplicar vidro aramado e vidro insulado nestas estruturas.



É importante contar com a experiência ao definir qual o melhor vidro para cobertura de pergolado, pois ao vidro laminado pode ser atribuído beneficiamentos relacionados ao conforto térmico do ambiente e outras vantagens, como coloração das placas de vidro e/ou da película PVB. Com a escolha correta, cobrir o pergolado com vidro é uma alternativa que agrega estética, funcionalidade, proteção e muita segurança para todos os usuários.



Vale destacar que o vidro laminado, naturalmente, já entrega bom desempenho em quesitos como durabilidade, resistência, proteção contra raios Ultravioleta e bloqueio de parte das ondas sonoras, porém, o modelo pode ser configurado especialmente para amplificar esses benefícios, trazendo mais conforto, melhores desempenhos funcionais e valorização ao imóvel. Abaixo conheça mais sobre qual o melhor vidro para cobertura de pergolado.

Qual o vidro para cobertura de pergolado?

Devido às suas configurações, os vidros laminados, aramados e as unidades insuladas compostas pelos vidros indicados podem ser aplicados em coberturas como pergolado. Isso acontece porque o vidro laminado e o aramado oferecem proteção aos usuários até mesmo após estilhaçados, pois ambos os modelos não espalham os pedaços de vidro pelo ambiente, sendo capazes de manter os fragmentos de vidro presos a si – e o vão intransponível – até a manutenção.



Por isso é importante contar com profissionais instaladores que sabem qual o melhor vidro para cobertura de pergolado, pois as vantagens oferecidas pelos modelos indicados são primordiais para garantir a segurança de todos os usuários até mesmo em casos de acidentes seguidos de quebra. Um pergolado fabricado com vidro comum, por exemplo, colocaria em risco a proteção dos usuários se quebrado, pois espalha grandes lascas pontiagudas de vidro pelo ambiente quando estilhaçado.



Da mesma forma, o vidro temperado sem laminação não pode ser utilizado para cobertura de pergolado, pois o modelo, apesar de ser classificado como vidro de segurança, quando fragmentado espalha pequenos pedaços de vidro não pontiagudos pelo ambiente, cenário que deixaria o vão do pergolado vago e poderia causar outros acidentes. Nesse caso, o vidro temperado só poderia ser utilizado para cobertura de pergolado se possuir laminação (vidro laminado de temperados).

Qual a espessura de vidro para pergolado?

A espessura do vidro para pergolado também contribui para promover fatores de segurança da estrutura, pois interage diretamente com a resistência da placa de vidro. Geralmente, as placas de vidro para pergolado tendem a variar entre 08mm a 10mm, entretanto isso não é uma regra, pois quanto maior o vão, maior terá que ser a placa de vidro; e quanto maior a placa de vidro, mais espessa ela deve ser. Por isso é importante contar com auxílio profissional no momento de definir qual o melhor vidro para cobertura de pergolado.

FAQ – Perguntas e Respostas

- Qual melhor tipo de vidro para cobertura?

O melhor tipo de vidro para cobertura é o laminado. A NBR 7199 ainda cita que o vidro aramado e o vidro duplo (insulado) também podem participar de coberturas de pergolados. Já a espessura do vidro dependerá de fatores como o tamanho do vão – que interfere diretamente na espessura da placa de vidro.

 
"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

O que esquenta menos vidro ou policarbonato?

Quando especificado com sabedoria, o vidro é o mais indicado para cobertura, pois pode receber beneficiamentos relacionados ao conforto térmico e esquentar menos que o policarbonato. O vidro ainda oferece melhor índices de bloqueio de raios UV e, devido à laminação, constitui uma eficiente barreira acústica. Além disso é um material altamente resistente, de baixa deterioração e que não amarela ou deforma sob altas temperaturas, diferentemente do policarbonato, por exemplo.



No momento definir o que esquenta menos vidro ou policarbonato é importante considerar, também, a taxa de transmissão de luminosidade desejada para o ambiente, pois conforme consta, o vidro laminado tradicional pode oferecer uma taxa de transmissão luminosa que varia de 52% a 70%, enquanto que taxa de luminosidade do policarbonato altera entre 20% e 25%. Considere que quanto mais translúcido, maior a sensação de integração dos ambientes interno e externo que a cobertura proporcionará.



Ainda convém destacar que o vidro laminado – indicado para coberturas e derivados – são compostos por duas ou mais lâminas de vidro, cenário que multiplica as possibilidades de composição do material, que pode receber películas coloridas e vidros com beneficiamentos especiais - como aqueles relacionados ao conforto térmico e alívio acústico. Em caso de dúvidas sobre o que esquenta menos vidro ou policarbonato, consulte um profissional SEV Exclusivv.

O que esquenta mais, policarbonato ou vidro?

O conforto térmico oferecido pelos dois materiais é um fator muito importante, afinal de contas, geralmente a cobertura fica exposta à radiação solar durante a maior parte do dia. Mas é preciso lembrar que a radiação solar é composta por raios UV, raio IV e a luz visível. Dessas três radiações, somente o raio IV é uma fonte de calor, porém, os raios UV também devem ser evitados (para evitar desbotamento da cor dos elementos e problemas de pele) e a luz visível promove conforto visual ao ambiente.



Sendo assim, além de saber o que esquenta menos vidro ou policarbonato, é de extrema importância projetar uma cobertura que consiga interagir com esses três tipos de radiação, e mergulhar no universo que vidro oferece é a melhor alternativa para o caso. São muitas as possibilidades capazes de satisfazer essa necessidade. Abaixo listamos alguns tipos de vidro e estrutura que podem ser aplicadas em coberturas, juntamente com suas características:



- Vidro de controle solar: Os vidros de controle solar são fabricados com o auxílio de camadas metalizadas depostas em uma das superfícies da placa. Essas camadas metalizadas ficam responsáveis por reduzir a passagem da luz solar, garantindo alívio térmico, proteção contra raios UV e alta luminosidade no espaço.



-  Vidro low e – baixa emissividade: Vidros de baixa emissividade apresentam um revestimento extrafino de óxidos e metais em uma de suas faces. Essa técnica proporciona baixa emissividade de calor, pois as partículas nanométricas são capazes de absorver os raios IV, permitindo, ainda, que o usuário controle tanto a perda quanto ganho térmico. Legal, né? Por esse motivo o modelo entrou para a nossa lista sobre o que esquenta menos vidro ou policarbonato.



- Vidro duplo: Também denominado de vidro insulado, esse tipo de estrutura utiliza duas ou mais placas de vidro acomodadas paralelamente, separadas por uma câmara de ar desidratado. Essa configuração dificulta troca de calor entre os ambientes externo e interno, proporcionando o conforto térmico no local. Vale lembrar que o vidro duplo aceita combinação de tecnologias do vidro em uma mesma aplicação.



E para finalizar o nosso artigo sobre o que esquenta menos vidro ou policarbonato, além de oferecer altos índices de conforto térmico, o vidro ainda garante a segurança dos usuários até mesmo após um possível estilhaçamento. Destacamos que o modelo indicado para esse tipo de aplicação deve ser o vidro laminado, um tipo de vidro que se fragmentado fica semelhante à uma teia de aranha e mantém todos os estilhaços de vidro presos a si, cenário que não ocorre no caso de quebra do policarbonato.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Qual espessura ideal para cobertura de vidro?

A espessura ideal para cobertura de vidro dependerá de fatores como o vão a ser coberto (que definirá o tamanho da chapa de vidro), o tipo de vidro utilizado, caimento do telhado, etc. Geralmente utiliza-se placas de vidro com espessura de 10 mm, porém, isso não é uma regra, pois em alguns casos será necessário placas mais ou menos espessas. A melhor alternativa é consultar empresas especializadas, pois para saber qual espessura ideal para cobertura de vidro corretamente é preciso muita experiência no ramo.

Espessura de vidro para cobertura

A espessura do vidro para cobertura depende, dentre outros fatores, do tamanho da placa de vidro exigido. Geralmente, se o vão for de até 2,00 m x 1,10 m, a espessura indicada será de 10mm. Entretanto isso pode não ser suficiente para estruturas especiais que suportarão cargas atípicas, por exemplo. Ainda falando sobre qual espessura ideal para cobertura de vidro, quando possível o indicado é que utilizem módulos com 3,20m, pois essa configuração facilita as projeções, evita desperdício de vidro e diminui o valor final da obra!

 

Apesar de não existir uma norma regulamentadora específica para cobertura de vidro, a estrutura precisará se adequar a NBR 7199 e as demais relacionadas ao universo do vidro. É muito importante que a estrutura seja projetada por especialistas para anular as chances de erro, sendo assim, o profissional precisará analisar cada detalhe, como tubulações, caimento do telhado, anseios dos usuários, custo x benefício, dentre outros; ou seja, para saber qual espessura ideal para cobertura de vidro é preciso considerar diversos fatores.

Qual o vidro ideal para cobertura

Em qualquer situação o vidro escolhido precisará conter laminação (vidro laminado), pois essa é uma exigência da ABNT (NBR 7199 – utilização de vidros em telhados) para garantir a segurança de todos. Nesse momento é preciso lembrar que os vidros laminados podem ganhar atributos que interagem com o conforto térmico, alívio acústico, autolimpantes, diversos níveis de transmissão luminosa, estética, etc.

 

Ainda falando sobre qual espessura ideal para cobertura de vidro, a falta de estudos do projeto, ausência de adequação da obra às normas regulamentadoras e/ou a pouca experiência dos executores pode resultar em desastre total. Além disso, é de suma importância que os usuários determinem as manutenções preventivas pelo menos uma vez ao ano; e que tanto as manutenções corretivas quanto as preventivas sejam realizadas por pessoas habilitadas, de preferência, um profissional do ramo.

FAQ – Perguntas e Respostas

Qual a espessura do vidro para pergolado?

Determinar a espessura ideal para pergolado depende de fatores como tamanho do vão a ser coberto, tipo de vidro a ser utilizado, caimento da estrutura, etc. Geralmente, indica-se vidros de 08mm a 10mm, mas esse cenário não é uma regra, pois quanto maior o vão, maior tende a ser a espessura do vidro. A melhor alternativa é consultar um profissional habilitado.

Qual tipo de vidro para telhado?

Os tipos de vidros indicados para telhado são o vidro laminado, vidro aramado e vidro duplo (composto pelos vidros permitidos). O vidro temperado só pode participar de estruturas como telhados se conter laminação (vidro laminado de temperados).

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

O que é melhor, cobertura de vidro ou policarbonato? Com certeza, a maior vantagem do vidro nesse confronto consiste na durabilidade elevada e oferta de tecnologias e beneficiamentos variados. Lembramos que o vidro oferece maior resistência à deterioração, indicando que sofrerá menos desgaste quando submetido às intempéries e procedimentos de limpeza corriqueiros nesse tipo de estrutura. Acompanhe esse artigo e entenda porque a cobertura de vidro é a melhor escolha em comparação com o policarbonato.

Vidro ou policarbonato? O que escolher para cobertura?

A utilização de elementos capazes de criar integrações entre os ambientes está cada vez mais em alta. A projeção de coberturas transparentes, por exemplo, estão se popularizando por oferecerem diversas vantagens às edificações, como a proteção do local contra intempéries e intrusos, integração do ambiente interno e externo, facilidade de harmonização com a decoração e valorização do imóvel. Não por acaso o mercado registrou um aumento na procura pela projeção desse tipo de estrutura.

Entretanto, juntamente com o aumento da procura surgem dúvidas corriqueiras e pertinentes, como o material que pode ser aplicado nesse tipo de cobertura.  O vidro é o material mais utilizado, mas existem alternativas, como o policarbonato. Mas o que é melhor, cobertura de vidro ou policarbonato? Para responder essa dúvida é preciso analisar alguns fatores, principalmente aqueles relacionados ao custoxbenefício.

Ao analisarmos todos os fatores, a cobertura de vidro apresenta melhor custo x benefício, tendo em vista que possui vida útil elevada (pode durar para sempre), não dilata como o policarbonato, oferece opções de personalização e beneficiamentos diversos, como conforto acústico e tratamento térmico. Isso indica que a estrutura exigirá menos manutenções e, quando aplicado o vidro correto, contribui de maneira singular para trazer conforto (acústico e térmico) para a edificação.

O que esquenta menos vidro ou policarbonato?

Ao analisar o que é melhor, cobertura de vidro ou policarbonato, é preciso considerar a oferta de conforto que o ambiente exige. Existe um entendimento errôneo de que o vidro esquenta demasiadamente o ambiente, entretanto, isso ocorre quando não são analisadas as demandas do local e escolhido os vidros corretos. Para cada tipo de aplicação existe um tipo de vidro indicado, inclusive aqueles que bloqueiam parte das ondas sonoras e raios solares que entrariam no ambiente.

Lembramos que o vidro indicado para cobertura (laminado), por conter uma película adesiva em sua composição, naturalmente garante melhores desempenhos térmico e acústico à cobertura, entretanto, esse benefício pode ser ainda maior com o uso de vidros de controle solar, vidros acústicos, vidros insulados (capazes de combinar tecnologias), etc. Por isso é importante consultar um profissional habilitado que saiba o que é melhor, cobertura de vidro ou policarbonato.

Qual é a durabilidade do policarbonato?

A durabilidade do vidro e do policarbonato também precisa ser considerado, pois é um fator essencial para determinar o custo benefício e entender o que é melhor, cobertura de vidro ou policarbonato. Apesar de existir registros de duração maior, a vida útil do policarbonato é de apenas 05 anos. Já o vidro, como sabemos, apresenta deterioração que beira a zero e pode durar para sempre, caso especificado de maneira correta e submetido a manutenções responsáveis. Dessa forma, fica simples definir qual o melhor tipo de cobertura para área externa, não?

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Qual o tipo de vidro para telhado?

Segundo ditam as normas da ABNT, o tipo de vidro indicado para telhado é o laminado, aramado ou vidro duplo - desde que sua face interior seja composta de vidro laminado ou vidro aramado. Isso acontece porque esses modelos mantém os fragmentos de vidro suspensos na estrutura em casos de quebra, uma característica essencial para telhados e coberturas de vidro. O vidro temperado só pode ser aplicado em telhados e coberturas caso contenha laminação (vidro laminado de temperados). É importante lembrar que a laminação pode ser combinada com outras tecnologias, como é o caso dos vidros de controle solar, vidros refletivos, coberturas retráteis. Com um telhado de vidro o usuário consegue eliminar as barreiras visuais existentes no local, oferecendo uma nova ótica do ambiente ao trazer o cenário externo para dentro das edificações. Interessante, não? Continue a leitura e saiba mais sobre qual o tipo de vidro para telhado, suas principais características e benefícios.

Qual é o tipo de vidro usado em coberturas?

O telhado de vidro é capaz de modificar por completo um ambiente. Esse tipo de cobertura é frequentemente requisitada para projetos inovadores, capazes de agradar o mais exigente dos usuários e de atribuir uma assinatura única aos idealizadores, afinal de contas, trata-se de uma estrutura de estética singular que oferece funcionalidades e vantagens difíceis de serem alcançadas nos telhados ou coberturas tradicionais. É importante saber qual o tipo de vidro para telhado e coberturas, pois isso permite que o usuário aproveite de todos os benefícios que a estrutura pode oferecer, como a ampla entrada de iluminação natural, possibilidade de controle da ventilação (cobertura retrátil), estética única, segurança e proteção (aos usuários, mobílias e estofados). Lembramos que os colaboradores da SEV Exclusivv são especializados e capazes de harmonizar uma exigência da ABNT aos desejos dos usuários. Cobertura de vidro em pergolado

Tipos de vidros para telhados e coberturas

Como já comentamos no início do texto, o vidro indicado para coberturas e telhados de vidro são os laminados e aramados. Caso a opção seja por vidros insulados, é obrigatório que a face interior da estrutura seja composta por um dos vidros acima citados. Lembramos que o vidro comum não deve, em hipótese alguma, ser usado em telhados e coberturas; além disso, o vidro temperado, mesmo sendo um vidro de segurança, só poderá participar da estrutura se conter laminação.

- Vidro Laminado

O vidro laminado inicia nossa lista sobre qual o tipo de vidro para telhado. O modelo é frequentemente utilizado devido à sua configuração que auxilia no bloqueio de parte da radiação solar e de ruídos extremos. O vidro laminado é composto por duas ou mais placas de vidros que são unidas por uma película de PVB; sua composição garante resistência elevada, enquanto que o PVB fica responsável por manter os estilhaços de vidro suspensos em casos de quebra.

- Vidro aramado

O vidro aramado, apesar de menos popular, também está dentre os tipos de vidros para telhados e coberturas. Os vidros aramados, caso estilhaçados, funcionam semelhantemente aos vidros laminados, ou seja, mantém os pedaços de vidro presos a si. Isso acontece graças a uma malha metálica que é inserida na massa do vidro, nos primeiros estágios de sua fabricação.

- Vidro insulado

O vidro insulado (ou vidro duplo) dá continuidade ao nosso texto sobre qual o tipo de vidro para telhado e/ou coberturas de vidro. A configuração do vidro insulado – que se utiliza de duas ou mais placas de vidro dispostas paralelamente – dificulta a troca de calor e de sons entre os ambientes interno e externo, trazendo mais conforto para todos os usuários. Reforçamos que, nesse caso, a estrutura deve possuir vidro laminado ou aramado em sua face interior. Frisamos também que esses tipos de vidro para telhados e coberturas podem receber outros beneficiamentos, como tecnologias de controle solar, vidros acústicos, vidros que garantem a privacidade dos usuários, etc. Caso tenha dúvidas, mantenha contato com um de nossos colaboradores; pois aqui sabemos qual o tipo de vidro para telhado e nos comprometemos em manter toda a sua obra dentro das normas da ABNT. Venha para a SEV Exclusivv.
"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Qual é o papel da cobertura de vidro?

A cobertura de vidro oferece benefícios funcionais, agrega estética e traz conforto aos locais onde é instalada. Esclarecendo qual é o papel da cobertura de vidro, destacamos que além de proteger os ambientes de intempéries, é possível, por exemplo, dar vida a coberturas (teto de vidro ou telhado de vidro) esteticamente agradáveis e que permitam a visualização do mundo exterior, tragam alívio térmico, conforto acústico, facilidade de limpeza, dentre outros.

É importante destacar que os principais benefícios e vantagens da cobertura de vidro só estarão presentes caso a estrutura seja projetada dentro das normas regulamentadoras. Isso quer dizer que é de suma importância que a instalação seja realizada por equipes responsáveis que se comprometam em harmonizar todo o teto de vidro às normas da ABNT. Se você ficou interessado, no artigo de hoje irá compreender qual é o papel da cobertura de vidro, os benefícios e vantagens da estrutura. Vamos lá?

O que é uma cobertura de vidro?

A cobertura em vidro é uma estrutura singular que pode ser instalada em ambientes internos e externos. Além de proteger os ambientes das intempéries, a estrutura garante a projeção de locais confortáveis, seguros, visualmente agradáveis e valoriza a edificação como um todo. É importante destacar que um telhado de vidro aceita vidros com diversas tecnologias, inclusive aquelas que interagem com a acústica, privacidade e calor dos ambientes.

Além disso, a indústria oferece teto de vidro retráteis ou fixos e outras soluções que visam atender interesses residenciais e comerciais. Cabe salientar que os vidros utilizados em coberturas são definidos pelas normas da ABNT e oferecem proteção aos usuários até mesmo em casos de quebra, cenário que torna a estrutura em uma aplicação confiável e segura.

Cobertura de vidro - Vantagens e desvantagens

Como é possível observar no decorrer do texto, quando projetado com os insumos corretos o teto de vidro oferece diversas vantagens aos usuários. Em contrapartida, as desvantagens da cobertura de vidro geralmente se revelam devido ao uso de vidros errados ou instalação inadequada. Por isso é importante saber qual é o papel da cobertura de vidro para realizar a instalação de maneira correta! Veja algumas vantagens e desvantagens da cobertura de vidro.

Vantagens do telhado de vidro

- Economia de energia elétrica. Com o uso dos vidros corretos o ambiente ganha em iluminação e diminui o uso de climatizadores de ar.

- Integração dos ambientes. O vidro é capaz de integrar o lado interno com o ambiente externo, oferecendo visões singulares aos usuários.

- Amplitude de espaço. Devido à sua transparência, a cobertura em vidro faz parecer que não existe barreiras físicas no telhado!

- Resistência e durabilidade. O vidro é um material de baixa deterioração, ou seja, que dura muitos anos. Além disso, a tecnologia atual permite a criação de vidros resistentes como o laminado, vidro indicado para cobertura.

- Baixa manutenção. A cobertura de vidro exige pouca manutenção - considerando que o vidro é resistente e duradouro. Além disso, é possível optar por vidros autolimpantes e tornar a manutenção ainda mais simples!

- Proteção contra raios UV. Os raios ultravioletas é prejudicial à nossa saúde e ainda provoca danos à móveis e estofados. Com o uso do vidro certo na cobertura é possível bloqueá-los.

- Segurança. Os vidros indicados para cobertura são classificados como vidro de segurança e oferecem proteção aos usuários até depois de estilhaçado.

- Valorização do imóvel. O teto de vidro é uma estrutura singular e capaz de agradar aos clientes mais exigentes.

Ainda falando sobre qual é o papel da cobertura de vidro, é preciso reforçar que todos os benefícios da estrutura só serão bem aproveitados se a aplicação for projetada em conformidade com as normas da ABNT e por equipes especializadas no segmento. Coberturas fabricadas com vidros errados ou insumos inadequados podem trazer dificuldades, como veremos abaixo.

Qual é o papel da cobertura de vidro

Desvantagens da cobertura de vidro

Veja algumas das desvantagens do telhado de vidro:

- Preço elevado. Principalmente se comparado com as coberturas tradicionais. Entretanto, é preciso considerar que a cobertura de vidro oferece funcionalidades que outros modelos não alcançam.

- Dificuldade em encontrar equipes especializadas no assunto. Profissionais inexperientes podem criar coberturas de vidro com baixa segurança e prejuízos estéticos.

Outros problemas com o telhado de vidro – como os relacionados à estanqueidade e calor excessivo - geralmente surgem em decorrência de má instalação da cobertura. Aqui, na SEV Exclusivv, sabemos especificamente qual é o papel da cobertura de vidro e possuímos equipe especializada no assunto, capazes de manter toda a sua obra dentro do gosto do cliente e das normas regulamentadoras. Mantenha contato com nossa equipe e faça uma consulta!

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Que tipo de vidro usa em pergolado?

A cobertura para pergolado de vidro garante características estéticas e funcionais à estrutura. Com facilidade de harmonizar com diversos materiais, o vidro é a cobertura ideal para pergolado, desde que seja utilizado os vidros com a tecnologia correta. Se você deseja saber que tipo de vidro usa em pergolado, o recomendado é o vidro laminado, devido às suas características singulares que garantem a proteção do usuário até depois de quebrado.

Entretanto, é possível combinar os vidros laminados com tecnologias que oferecem alívio térmico (vidros de proteção solar); facilitam a limpeza (vidros auto limpantes), vidros coloridos, etc; amplificando o conforto e/ou trazendo maior destaque estético à cobertura para pergolado. Lembramos que profissionais especializados sabem que tipo de vidro usa em pergolado e conseguem harmonizar uma necessidade estética/conforto às normas da ABNT para garantir estruturas seguras e em sintonia com os desejos do cliente.

Cobertura pergolado vidro

Entenda tudo sobre qual a cobertura ideal para pergolado e saiba mais sobre o vidro recomendado no texto abaixo:

Vidro laminado – características

O vidro laminado é classificado como vidro de segurança. O modelo recebe essa denominação por amplificar as propriedades de proteção ao usuário; e isso acontece até mesmo depois de uma possível quebra da placa de vidro – o que é muito difícil de acontecer. Lembramos que o vidro laminado é mais resistente que o vidro comum e pensado para suportar grandes impactos e choques.

Isso acontece porque o modelo é fabricado com duas ou mais placas de vidro unidas por película(s) de PVB através do calor. A junção de placa de vidros com o PVB aumenta a resistência do modelo; além de a película PVB ficar responsável por manter a chapa de vidro suspensa depois de um estilhaçamento, preservando-a na estrutura (e intransponível) até a manutenção.

Por isso é importante saber que tipo de vidro usa em pergolado, pois as características únicas do vidro laminado o torna no mais recomendado para cobertura para pergolado, tendo em vista que a cobertura não se espalharia pedaços de vidro pelo ambiente se fosse quebrado devido à um acidente. Esse cenário é essencial para esse tipo de aplicação (cobertura, telhado de vidro, etc), pois em casos de quebra, a estrutura não oferecerá riscos físicos aos usuários.

É importante destacar também que o conjunto do vidro laminado age em favor do conforto térmico e acústico. Considere que, devido à sua composição, naturalmente esse modelo oferecerá bloqueios físicos mais densos que os oferecidos pelas barreiras criadas pelos vidros comuns ou por outros tipos de materiais utilizados para cobrir pergolado – como o policarbonato.

Além disso, como já destacamos, é possível atribuir outras características ao vidro laminado, como utilizar uma película acústica de PVB, optar por vidros de proteção solar, tecnologia autolimpante ou utilizar o modelo em unidades insuladas (cobertura para pergolado vidro duplo), cenário que amplificaria as possibilidades de combinação estética e as funcionalidades da cobertura pergolado vidro.

Pergolado de madeira com vidro

Qual a melhor cobertura para pergolado de madeira? O pergolado de madeira com vidro é um modelo considerado como tendência decorativa há anos. Isso acontece porque o vidro harmoniza com facilidade com diferentes tipos de madeira ao mesmo tempo em que imprime uma atmosfera de modernidade e sofisticação ao ambiente.

Que tipo de vidro usa em pergolado

 

Qual a cobertura ideal para pergolado

Ainda falando sobre que tipo de vidro usa em pergolado, é preciso destacar ainda que uma cobertura para pergolado fabricada com vidros de qualidade não mancha ou amarela - além de facilitarem a limpeza - mantendo a estrutura como nova por muito tempo e, consequentemente, oferecendo um ótimo custoxbenefício. Mas destacamos que todos os benefícios acima citados só estarão presentes se o projeto utilizar os vidros corretos e dentro do recomendado pelas normas da ABNT!

Mantenha contato com a equipe da SEV Exclusivv e tire qualquer dúvida sobre que tipo de vidro usa em pergolado. Possuímos uma ampla rede de colaboradores e consultores especializados capazes de indicar a cobertura ideal para pergolado e os tipos de vidros possíveis de serem aplicados na estrutura. Acesse nosso site e confira nossos serviços!

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

O que é uma cobertura de vidro?

Quando projetada e instalada por equipes responsáveis, a cobertura de vidro é uma estrutura capaz de aliar características de conforto, proteção (física, móveis e estofados) alta estética, elegância e outras vantagens possíveis de serem alcançadas somente com o uso do vidro, como vasta entrada de luz natural, integração dos ambientes e valorização do imóvel. Lembramos que a instalação de telhado de vidro é orientada pela ABNT. Veja mais sobre o que é uma cobertura de vidro abaixo.

Telhado de vidro

A cobertura em vidro (ou telhado de vidro) é uma estrutura singular capaz de transformar por completo a atmosfera de um espaço. Com a possibilidade de ser composta por vidros de diferentes estilos e tecnologias, as coberturas de vidro podem participar de ambientes residenciais ou empresariais sempre agregando funcionalidade e vantagens aos locais/usuários. Para compreender melhor o que é uma cobertura de vidro, listaremos algumas qualidades e benefícios que essa estrutura pode oferecer:

- Proteção e segurança: Quando utilizado os vidros corretos o telhado de vidro é totalmente seguro. Além do mais, existem vidros que diminuem a entrada de raios UV responsáveis pelo desbotamento de móveis e estofados.

- Conforto: A escolha do vidro certo para cobertura também possibilita a criação de telhados de vidros que bloqueiam a entrada de calor, barulhos em excesso, se limpam sozinhos e capazes de aumentar a privacidade.

- Valorização do imóvel: É importante que a estrutura seja instalada por quem sabe o que é uma cobertura de vidro, pois um telhado de vidro bem projetado é excepcional e consegue agradar até o mais exigente dos usuários.

- Maior iluminação dos espaços: O vidro facilita a entrada de luz natural nos ambientes, diminuindo inclusive o uso de luz artificiais.

- Amplitude visual: O vidro oferece a impressão de que não existe barreiras físicas no teto.

- Integração de ambientes: Traga o ambiente externo para dentro de casa e aprecie visuais únicos.

- Personalização estética: Além da transparência cristalina, o mercado oferece vidros coloridos, espelhados, dentre outros; cenário que permite alcançar detalhes marcantes.

Ainda falando sobre o que é uma cobertura de vidro, a indústria vidreira e o segmento arquitetônico são capazes de construir diversos tipos de telhado de vidro, como é o caso das:

- Coberturas de vidro para garagem

- Coberturas de vidro residencial

- Coberturas de vidro retrátil

- Coberturas de vidro para varanda

Cobertura de vidro preço

O preço da cobertura de vidro varia conforme os detalhes do projeto, qualidade dos materiais e mão de obra. É possível afirmar que se trata de um investimento maior se comparado com as coberturas tradicionais, entretanto, trata-se de uma estrutura única - e que pode entregar benefícios que os telhados normais não entregam. São diversos os quesitos que influenciam no preço do telhado de vidro, por isso é muito importante realizar uma pesquisa detalhada.

Entretanto, cuidado com valores fora da realidade. É imprescindível que a equipe responsável pela instalação da cobertura de vidro mantenha toda a estrutura dentro das normas regulamentadoras da ABNT. Esse cenário é fundamental para garantir um telhado de vidro duradouro, resistente, esteticamente agradável e principalmente, seguro para todos os usuários.

Aqui na SEV Exlcusivv sabemos exatamente o que é uma cobertura de vidro, possuímos equipe especializada e consultoria para oferecer o melhor serviço – e o melhor preço – da região. Acesse nosso site e confira.

O que é uma cobertura de vidro

Qual o tipo de vidro para telhado?

O vidro laminado é o tipo produto indicado para telhados de vidro. Ele é mais forte e durável ​​do que outras variedades.

Qual a espessura do vidro para cobertura de pergolado?

8 a 10 mm. Normalmente, a espessura é de 8-10 mm, mas quanto maior for a lacuna, maior será a espessura da placa de vidro.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.