Vidro laminado e vidro temperado? Entenda as diferenças

Chegou a hora de escolher os vidros da sua obra e está em dúvidas sobre qual vidro de segurança utilizar? Vidro laminado e temperado? Entenda as diferenças nesse artigo, pois apesar de pertencerem à mesma categoria, os vidros temperados e vidros laminados são tipos especiais de vidro projetados para oferecer propriedades distintas em termos de resistência e segurança. Vamos entender um pouco mais sobre cada um deles.

Vidro temperado ou vidro laminado? Qual usar?

A escolha entre vidro laminado e vidro temperado depende das necessidades específicas do projeto e do ambiente em que serão utilizados. Antes de escolher entre um e outro modelo, é importante avaliar as prioridades do projeto, considerando fatores como segurança, resistência, aplicações específicas e orçamento disponível. Para isso é importante contar com a ajuda de equipes que saibam todas as diferenças entre vidro laminado e vidro temperado.

Em alguns casos, por exemplo, uma combinação de ambos os tipos de vidro pode ser recomendada para atender a diferentes requisitos em áreas distintas do projeto. O vidro laminado de temperados é uma alternativa para ambientes que precisam conciliar as diferenças entre o vidro temperado e o vidro laminado em uma mesma aplicação. Legal, né? Veja abaixo um pouco mais e entenda as diferenças.

Vidro temperado

Começando a explicar as diferenças entre o vidro laminado e vidro temperado, os vidros temperados passam por um processo chamado têmpera, no qual são aquecidos a altas temperaturas e, em seguida, resfriados rapidamente. Esse tratamento confere ao vidro temperado uma resistência até cinco vezes maior do que o vidro comum e, em caso de quebra, se fragmenta em pequenos pedaços de baixo poder de corte, reduzindo os riscos de ferimentos.

Onde usar vidro temperado?

Ainda falando sobre as diferenças entre vidro laminado e vidro temperado, a técnica utilizada nos vidros temperados faz com que o modelo seja escolha ideal para locais que exigem maior segurança contra choques mecânicos, como:

- Portas e janelas,

- Box de banheiro

- Fachadas de edifícios.

- Divisórias, muros de vidro

- Artigos decorativos (decoração funcional).

Sua resistência a altas temperaturas também o torna adequado para aplicações em ambientes sujeitos a mudanças térmicas intensas, como box de banheiro. Da mesma forma, a composição molecular do vidro temperado o torna em ótima alternativa para aplicações que precisam suportar grandes pressões do vento.

Muro de Vidro Temperado

Como é fabricado o vidro temperado?



As placas de vidros temperadas são submetidas à um tratamento especial que causa tensão das moléculas da massa vítrea e garante uma resistência absurda para a placa de vidro. Dando continuidade ao nosso artigo sobre as diferenças entre vidro laminado e vidro temperado, como já comentamos, o vidro temperado é submetido à um processo de têmpera, onde é aquecido e resfriado rapidamente.

Quando aquecido, o vidro expande suas moléculas devido ao calor; por outro lado, quando resfriado, os jatos de água fria cria uma camada física na superfície do vidro que serve como barreira para essa expansão molecular – que continua acontecendo, afinal de contas, o interior do vidro ainda se mantém super quente.

Essa situação cria uma tensão na massa do vidro e, após resfriado totalmente, o resultado é uma placa de vidro muito resistente e, consequentemente, durável. Vale destacar que essa tensão faz com que o vidro temperado, quando quebrado, se fragmente diferentemente de outros modelos de vidro, pois quando esses pontos são alcançados, a tensão é liberada repentinamente e o vidro se parte em vários pedaços pequenos e de baixo poder de corte.

Vidro laminado

O vidro laminado é composto por duas ou mais lâminas de vidro interligadas por uma película plástica. Essa película atua como uma camada de segurança, mantendo os pedaços de vidro unidos em caso de quebra. Isso evita que o vidro se estilhace completamente, proporcionando maior segurança. Por esse motivo, principalmente, os vidros laminados são considerados coringa na arquitetura e costuma ser mais caro que outros modelos.

Onde usar vidro laminado?

As aplicações do vidro laminado são diversas, pois a capacidade de manter fragmentos unidos oferece um nível adicional de segurança em situações diversas. Por isso o vidro com laminação é frequentemente utilizado para compor:

- Portas e janelas,

- Telhados, marquises, coberturas e claraboias,

- Fachadas,

- Guarda-corpos,

- Envidraçamento de sacadas,

- Divisórias, muros de vidro

O vidro laminado pode ser tão resistente a ponto de esse modelo ser utilizado para compor piscinas, visores de zoológico, dentre outros. Além disso, o vidro laminado pode ter propriedades de redução de ruído e proteção contra raios UV, dependendo da composição da película.

 Vidro Laminado Guarda Corpo 

Como é feito o vidro laminado

Ainda falando sobre as diferenças entre vidro laminado e vidro temperado, vamos explicar como é feito o vidro laminado. Como já comentamos no decorrer desse artigo, esse modelo é o resultado da junção de duas ou mais placas de vidro através de uma película ultra aderente acomodada entre vidros. Esse “sanduíche” é submetido ao calor e se une em uma só placa.

A película ultra aderente – geralmente o PVB – é agregada à placa de vidro e fica responsável por trazer flexibilidade e resistência para o vidro, bem como de proporcionar segurança para os usuários das aplicações envidraçadas, pois sua principal tarefa é segurar os pedaços de vidros a si caso a placa de vidro laminado se quebre. Destacamos também que a película plástica pode ter propriedades acústicas ou de conforto térmico. Legal, né?

Portanto, para você que procura entender as diferenças entre vidro laminado e vidro temperado, saiba que enquanto o vidro temperado destaca-se por sua resistência superior e comportamento mais seguro em caso de quebra, o vidro laminado é reconhecido pela capacidade de manter os fragmentos unidos, oferecendo segurança adicional. A escolha entre eles dependerá das necessidades específicas do projeto e das condições de aplicação.

Esse é o principal motivo pelo qual devemos procurar os serviços de equipes especializadas no assunto, como nós, da SEV Exclusivv. Por aqui sabemos todas as diferenças entre vidro laminado e vidro temperado e você terá o auxílio adequado entender quais as suas principais necessidades e qual vidro usar, vidro laminado ou vidro temperado? Ou ainda, o vidro laminado de temperados! Fique atento, mantenha contato com nossa equipe!

 
"

O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos

"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.