Quanto custa um box de banheiro instalado?

O cálculo do valor do box de banheiro instalado deve analisar diversos fatores que interagem diretamente no preço final da estrutura. Nesse sentido é preciso considerar, dentre outros, o material de fabricação do box, tamanho da estrutura, materiais e insumos complementares, necessidade de mão de obra especializada, etc. O box de vidro, por exemplo, é oferecido em diversos modelos e pode ser fabricado com vidros diferentes, o que altera o preço final do box de banheiro instalado.

Se você precisa de ajuda para saber quanto custa um box de banheiro instalado, destacamos que apesar de existir registros de preço médio de box de banheiro variando entre R$ 250,00 e R$ 1.600,00, o preço da instalação de box de banheiro é dinâmico e deve ser analisado por profissionais do ramo, que após estudo do local e necessidades do usuário será capaz de indicar os materiais adequados e, somente assim, orçar o preço final do box de banheiro instalado.

Aliás, aqui vai uma dica especial da SEV Exclusivv pra você que pesquisa por quanto custa um box de banheiro instalado: fique atento com proposta e orçamentos fora dos padrões de mercado. Lembre-se de que o box de banheiro deve ser instalado em harmonia com as diretrizes da ABNT, de modo que um box especificado fora desses padrões coloca em risco a segurança de todos os usuários, sem contar que limita o funcionamento, durabilidade, estética, conforto, etc.

É por esse motivo, por exemplo, que a ABNT indica que o box de vidro só pode ser fabricado com vidros laminados ou temperados, dois modelos de vidro de segurança. Ainda comentando quanto custa um box de banheiro instalado, saiba que os vidros de segurança são altamente resistentes e reconhecidos por se quebrarem de maneira segura aos usuários, um cenário exigido para aplicações como o box de banheiro. Fique atento e em caso de dúvidas consulte um colaborador de nossa equipe.

Box Curvo

Veja abaixo outros cenários a considerar ao definir quanto custa um box de banheiro instalado:

- Material de fabricação (vidro, acrílico)

- Modelo da estrutura (box de canto, box elegance, box curvo, box padrão, etc)

- Método de abertura (box de correr, box de abrir, box articulado, etc)

- Necessidade de mão de obra especializada (por exemplo, encanador).

Ao pesquisar quanto custa um box de banheiro instalado, é importante refletir no tipo de material que será utilizado na composição da estrutura. O box de acrílico, apesar de parecer mais barato no primeiro momento, demanda de manutenção frequente e possui baixa expectativa de vida útil, o que acaba encarecendo o preço final do produto, tendo em vista a realização de manutenção corretiva e troca constante da estrutura.

Por outro lado, o box de vidro, apesar de ser um pouco mais caro inicialmente, agrega valor, estética, funcionalidade e segurança aos banheiros, sendo considerado um investimento que valoriza o ambiente e oferece conforto e segurança aos usuários. Além disso, o vidro permite que os usuários aproveitem de benefícios e vantagens difíceis de serem alcançadas com o acrílico, como resistência elevada, personalização do box de banheiro, cores diversificadas, modernidade, estética única, etc.

Box de banheiro é na SEV Exclusivv

E já finalizando nosso artigo sobre quanto custa um box de banheiro instalado, para você que procura um instalador de box de banheiro, saiba que na SEV Exclusivv você encontra profissionais que sabem como calcular box de banheiro, consultoria especializada e garantia de instalação do seu box de banheiro totalmente em conformidade com as normas da ABNT. Acesse nosso site, conheça os diferentes modelos de box de vidro à disposição e solicite um orçamento.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

O que é mais barato alvenaria ou vidro?

Quando analisamos todos os fatores e benefícios, o vidro é mais barato que alvenaria. Nessa análise deve ser considerado, por exemplo, as vantagens que cada material consegue trazer às estruturas, tempo de vida útil, facilidade de aplicação, necessidade de mão de obra especializada, etc. O vidro, por exemplo, além de deixar o ambiente mais bonito e sofisticado, é de fácil instalação, o que evita gastos elevados com mão de obra pois a aplicação é realizada em menor tempo.

Outro fator determinante para definir o que é mais barato alvenaria ou vidro é a finalidade da estrutura que será construída. Lembre-se de que o vidro possui particularidades distintas da alvenaria, de modo que algumas características (como a transparência aliada a resistência) só é possível alcançar utilizando vidros no projeto. É preciso destacar ainda a valorização final que o vidro traz para o imóvel, justamente por ser um material com propriedades singulares.

Tipos de Vidros

Vidro ou alvenaria? O que considerar?

Para compreender o que é mais barato alvenaria ou vidro é preciso, antes, entender que o uso no vidro na arquitetura pode, num primeiro momento, parecer mais caro que a alvenaria. Entretanto, é preciso considerar outros fatores, tendo em vista que se trata, na verdade, de um investimento que gerará economia a longo prazo, pois além de valorizar o ambiente o vidro exige menor manutenção e pode entregar vantagens diferentes das vantagens da alvenaria.

Além do mais, a diferença de preço/investimento entre os dois materiais não é exorbitante, dependendo da estrutura gira entre 10% e 15%, em média. Porém, como já dito, as características intrínsecas do vidro são únicas e não tem valor, de modo que esse acréscimo se torna mínimo quando é comparado com a estética e benefícios que o vidro pode oferecer, como uma instalação rápida – o que consequentemente diminui o investimento com mão de obra e auxilia a entender o que é mais barato alvenaria ou vidro.

Veja abaixo algumas considerações a fazer no momento de decidir o que usar no seu projeto arquitetônico, alvenaria ou vidro:

- Devido ao visual diferenciado, o vidro consegue trazer leveza, sofisticação e modernidade ao ambiente. Lembramos que o amplo leque de modelos e opções de customização contribui para esse cenário ao possibilitar a criação de decorações singulares.

- Dando continuidade ao nosso artigo sobre o que é mais barato alvenaria ou vidro, já pensou na possibilidade de transportar uma paisagem externa para dentro da sua edificação? Com o vidro essa integração de ambientes é totalmente possível, diferentemente do que aconteceria com a alvenaria.

- O vidro permite ao usuário interagir com fatores como iluminação, ventilação, amplitude visual, etc, com possibilidade de harmonizar esses benefícios com outras vantagens, como proteção solar, privacidade e alívio acústico.

- Isso quer dizer, por exemplo, que com o uso dos vidros corretos o usuário consegue economizar em energia elétrica – ao diminuir o uso de iluminação artificial e climatizadores de ar – ao mesmo tempo em que amplifica o conforto do ambiente.

- Ainda falando sobre o que é mais barato alvenaria ou vidro, é preciso destacar que o uso do vidro certos e insumos adequados diminui os episódios de manutenção e limpeza das estruturas – ou a torna incomparavelmente mais fácil. Nesse quesito lembramos, por exemplo, os vidros autolimpantes, que possuem a capacidade de se limpar sozinho utilizando os raios de sol e a água da chuva.

Para você que pesquisa o que é mais barato alvenaria ou vidro, destacamos que a arquitetura com vidros deve sempre estar em harmonia com as normas da ABNT. Sendo assim, desconfie e valores fora do padrão de mercado e exija, sempre, que os profissionais responsáveis pela sua obra mantenha todo o projeto dentro dos padrões da ABNT. Em caso de dúvidas mantenha contato com um colaborador SEV Exclusivv.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Quanto custa um telhado de vidro?

Apesar de existir registros de preço de telhado de vidro a partir de R$ 200,00 m², o valor final do telhado de vidro depende de diversos fatores. Isso quer dizer, por exemplo, que para definir quanto custa um telhado de vidro é preciso considerar particularidades como tipo de vidro, tamanho do vão e espessura do vidro, insumos utilizados na instalação (alumínio, madeira, calhas, rufos, etc), mão de obra especializada, dentre outros.

É preciso ainda considerar possíveis beneficiamentos para garantir conforto térmico, privacidade, alívio acústico, dentre outros. Essas necessidades são reveladas após um estudo aprofundado do projeto, feito geralmente por profissionais especializados. Por isso, a melhor forma de saber quanto custa um telhado de vidro é solicitando um orçamento para lojas do ramo. A equipe responsável deve garantir que manterá todo o projeto dentro das normas da ABNT, pois esse cenário é de imprescindível para esse tipo de arquitetura.

Sendo assim, fique atento às propostas fora do padrão de mercado ou instalações em desconformidade com as normas da ABNT. Saiba que um telhado de vidro fabricado com vidros não indicados pode comprometer não só a estrutura, mas principalmente a segurança de todos os usuários. Em caso de dúvidas, mantenha contato com um colaborador SEV Exclusivv, teremos o maior prazer em esclarecer as suas dúvidas e oferecer um orçamento de quanto custa um telhado de vidro conforme suas necessidades.

Quanto custa o metro quadrado do telhado de vidro?

Conforme já comentado no início desse texto, o valor do m² do telhado de vidro varia conforme as particularidades da estrutura. Abaixo listaremos, por exemplo, alguns dos fatores que interagem com preço final do metro quadrado do telhado de vidro, para auxiliar no entendimento sobre quanto custa um telhado de vidro; veja:

- Tipo de vidro: A ABNT dita que os tipos de vidros indicados para telhado de vidro devem ser laminados ou amarados, dois modelos classificados como vidros de segurança e capazes de manter os estilhaços de vidro presos na estrutura (telhado) em caso de fragmentação, ou seja, caso o telhado de vidro se quebre os pedaços de vidro não se espalharão e cairão no ambiente e/ou usuários.

- Tamanho do vão a ser preenchido: O tamanho do vão que o vidro ocupará também é determinante para saber quanto custa um telhado de vidro. Isso ocorre porque, quanto maior o vão, maior deve ser a espessura da placa de vidro para garantir a estabilidade. E, como é de se esperar, quanto mais grossa a placa de vidro, mais caro ela será consequentemente.

- Insumos utilizados na instalação: Os materiais necessários para a instalação é outro fator que determina quanto custa o metro quadrado do telhado de vidro. Considere, por exemplo, que a estrutura do telhado de vidro pode ser fabricada com materiais diversos, como o alumínio, madeira, alvenaria, etc. Além disso, a instalação pode exigir outros elementos, como calhas e rufos.

- Beneficiamentos adicionais: Dependendo da localização da edificação, o telhado de vidro pode exigir vidros que diminuam o calor do local, tragam alívio acústico, privacidade visual, dentre outros benefícios. Dessa forma a estrutura pode exigir o uso de vidros especiais e com preços diferenciados, como o vidro de conforto térmico, vidro acústico, vidro refletivo, etc, com a possibilidade de combinar tecnologias.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Como comprar espelhos?

O uso de espelhos vai bem além da reflexão da nossa imagem. Com espelhos é possível atribuir recursos singulares aos ambientes, como ampliar o espaço visualmente falando, interagir com focos de luz, destacar uma obra de arte ou esconder um pilar ou outra estrutura, agregar valor à decoração, dentre outros. Em caso de dúvidas de como comprar espelhos, a escolha do modelo ideal deve considerar fatores como:

- As características do espaço que vai receber o espelho.

Conhecer o espaço onde instalará o espelho é o primeiro item de nossa lista sobre como comprar espelhos. Isso acontece porque ajuda a determinar a função do espelho. Esse elemento pode interagir com diversos fatores, como amplitude visual, integração de ambientes (inclusive interno e externo), manipulação dos focos de luz. Ao determinar as características do ambiente conseguimos utilizar os benefícios do espelho para sanar possíveis necessidades existentes e trazer mais conforto aos locais.

Nesse quesito é possível, por exemplo, utilizar o espelho para trazer um ambiente externo para dentro da residência, pois basta acomodar um espelho na parede contrária à paisagem que deseja transportar para o interior do ambiente e a magia acontecerá; essa técnica é ideal para espaços com portas e janelas voltadas para uma varanda ou jardim.

- O estilo de decoração do ambiente.

Ainda falando sobre como comprar espelhos, o mercado oferece modelos que variam em formatos, acabamentos, molduras, cores, espessuras, etc. É possível, por exemplo, combinar diversos desses fatores para criar modelos singulares. Sendo assim, com um pouco de estudo podemos comprar um espelho que combine perfeitamente com os móveis e o estilo de decoração presente no ambiente.

- Parede que vai receber o espelho

Conhecer o tipo de parede onde vai instalar a peça é fundamental por diversos aspectos, como por exemplo, para evitar problemas estruturais ou aproveitar o máximo das vantagens que o espelho pode oferecer. Caso a instalação necessite de furação da parede, certifique-se de que não existe instalação hidráulica ou algo semelhante na região do furo. Já se a instalação for através de fixação, cuidado com paredes com pintura ou papel de parede se soltando.

Vale lembrar ainda que o espelho pode ser utilizado como destaque principal ou de forma secundária. Uma parede clássica para instalação do espelho é na sala de jantar, atrás ou na altura do buffet, armário ou aparador, de modo que a posição do espelho traga profundidade e valorize detalhes como esculturas, quadros, vasos e outros itens decorativos. Entretanto, quando falamos sobre como comprar espelhos não há regras nem limites para o uso deste elemento, só é preciso bom senso para evitar ambientes visualmente carregados e/ou excesso de reflexão.

Método de instalação

Para você que procura como comprar espelhos, considere que a instalação desses elementos deve seguir algumas regras. Uma instalação inadequada pode comprometer as funções do espelho e, inclusive, gerar manchas na superfície do espelho. Além disso, para aproveitar todos os benefícios do espelho é importante realizar um estudo do local de instalação, justamente para conhecer as características do espaço e sanar todas as necessidades possíveis.

Sendo assim, não pense duas vezes em procurar consultoria especializada se estiver com dúvidas sobre como comprar espelhos. Aqui na SEV Exclusivv você pode contar com profissionais altamente qualificados e prontos para realizar um estudo para determinar o melhor tipo de espelho, parede ideal e método de instalação para seu caso. Entregue seus projetos com vidros nas mãos de especialistas, venha para a SEV Exclusivv.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Porque esquadrias de alumínio?

As esquadrias de alumínio são altamente versáteis, resistentes, duradouras e esteticamente agradáveis, sendo assim, costumam ser indicadas para os mais variados projetos. Lembramos que o material de fabricação das esquadrias interage com diversos fatores, como isolamento térmico, acústico, estética, facilidade de sincronização decorativa, etc. Além disso, é importante que as esquadrias sejam especificadas por profissionais e sua instalação esteja em total conformidade com as normas da ABNT. Acompanhe esse artigo e saiba mais sobre porque esquadrias de alumínio.

Vantagens esquadrias de alumínio

Sabemos que as esquadrias são elementos essenciais em diversos estilos de edificação, possíveis de serem fabricadas em materiais como o PVC, madeira, metal, vidro e alumínio. A esquadria de alumínio é uma das mais procuradas no mercado, mas, porque esquadrias de alumínio? Como já comentado, devido ao material de fabricação, esse modelo entrega benefícios e vantagens que indicam ótimo custo x benefício.

O material é indicado para compor esquadrias de diferentes categorias (função e abertura). Além disso, o alumínio agrega resistência e durabilidade às esquadrias, pois recebe tratamentos específicos, como a anodização e pintura eletrostática, cenário que colabora com sua aparência e longevidade. Não é por acaso, por exemplo, que as esquadrias de alumínio são indicadas para regiões litorâneas ou poluídas, pois oferecem maior proteção contra corrosões. Vale destacar que a esquadria de alumínio pode receber cores diversas!

Esquadrias Aluminio Suprema
Esquadrias Aluminio Suprema

Ainda falando sobre porque esquadrias de alumínio, o material permite a criação de estruturas que colaboram com o isolamento acústico e térmico do ambiente – quando combinado com vidros corretos e harmonização com as diretrizes da ABNT. Por isso é de extrema importância contar com profissionais experientes, pois a combinação ideal só é revelada após um estudo profundo para identificar as necessidades do ambiente. Em caso de dúvidas consulte um profissional SEV Exclusivv.

Se você se pergunta porque esquadrias de alumínio, considere que as esquadrias consomem uma fatia considerável do orçamento de uma obra, de modo que precisa ser fabricada com um material de alta qualidade, como é o caso do alumínio. Além disso, a versatilidade e variedade de layout facilita ao arquiteto a criação de projetos singulares, capazes de atribuir uma assinatura única ao espaço e valorizar a edificação por completo.

Tipos de esquadrias de alumínio

As esquadrias, no geral, podem ser divididas em diferentes categorias, como o material de fabricação (neste caso, alumínio), função (porta, janela, etc) ou modo de abertura (veja abaixo). Sendo assim, para finalizar nosso artigo sobre porque esquadrias de alumínio, veja alguns tipos disponíveis no mercado:

- Abrir: As mais tradicionais. Possui apenas uma folha que se movimenta por dobradiças, aplicados principalmente em portas e janelas.

- Correr: A folha de abertura e fechamento desliza no sentido horizontal. Esse modelo é alternativa para portas e janelas de ambientes pequenos, por exemplo.

- Basculante: A esquadria basculante é indicada para fechamento de portões de garagens e outros grandes vãos. A abertura dessa estrutura se assemelha à uma gangorra.

 - Maxim-ar: Oferece abertura próxima de noventa graus e garante ótima circulação de ar. A esquadria de alumínio maxim-ar é indicada para banheiros, cozinhas, lavanderias, dentre outros.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Porque usar esquadrias?

As esquadrias são elementos construtivos essenciais para diversos tipos de edificações, pois oferece fatores como integração de espaços, decoração, segurança, conforto, melhor aproveitamento da luz e ventilação natural, estética etc. É importante saber como e porque usar esquadrias, pois cada ambiente de uma edificação possui uma função específica e, como consequência, pode exigir diferentes tipos de esquadrias em uma mesma edificação.

Considere que o mercado arquitetônico tem à sua disposição diversos tipos de esquadrias com características diferentes do ponto de vista de material de fabricação, tipo de abertura e função. Não por acaso o termo é utilizado com frequência para designar portas e janelas, por exemplo, porém, aplicações como muros, venezianas, telas, brises, cobogós, alçapões, dentre outros, também exigem esquadrias para seu funcionamento.

Ainda falando sobre porque usar esquadrias, é importante esclarecer que as diferentes tipologias das esquadrias interagem de maneira diferente com os ambientes. O material de fabricação da esquadria, por exemplo, pode agregar fatores como conforto acústico, estética, singularidade, durabilidade e resistência, etc. Por outro lado, o tipo de abertura facilita o controle de entrada de luz, ventilação e pessoas, proteção contra intempéries, etc. Com tanta combinação disponível, não hesite em procurar um profissional que saiba comprovadamente porque usar esquadrias.

Quando consideramos sua função principal as esquadrias ganham destaque por ser um elemento arquitetônico indispensável na maioria das construções, afinal de contas, é através desse elemento que criamos vãos que darão vida às portas, janelas, portões e outras aberturas tradicionais e necessárias na arquitetura. Interessante não? Continue a leitura de nosso artigo sobre porque usar esquadrias e conheça mais sobre esse elemento arquitetônico tão requisitado.

O que é um quadro de esquadrias?

Qual a melhor esquadria?

Com o avanço da tecnologia, o mercado da arquitetura e construção civil tem a disposição esquadrias de diversos tipos e materiais. Considerando que esses fatores estão diretamente ligado a fatores como segurança e conforto, é de suma importância que o usuário determine com sabedoria o tipo de esquadria que irá utilizar em seu projeto. Considere que o custo deste elemento é relativamente alto, variando entre 05% e 15% do custo total para tirar um projeto do papel.

Isso quer dizer, por exemplo, que devemos analisar as opções mais apropriadas disponíveis no mercado a fim de reduzir gastos, tempo de trabalho, episódios de manutenção e valorizar a edificação por completa. Fique atento, pois alguns profissionais especificam esquadrias padronizadas sem realizar um estudo aprofundado do projeto. Essa técnica não é indicada, pois pode existir incompatibilidade entre o clima, acessórios, legislação, ferragens, desejos do usuário, etc.

Para definir qual a melhor esquadria é importante que o profissional analise, por exemplo:

- O posicionamento da esquadria para captação de luz e ventilação desejados

- Finalidade da esquadria (privacidade, conforto acústico, proteção patrimonial, etc)

- Qualidade e tipo dos materiais que serão utilizados

Além disso, para complementar nosso artigo sobre porque usar esquadrias, é importante lembrar que tanto as esquadrias quanto a sua instalação devem estar em conformidade com as normas da ABNT.

Conheça os principais tipos de esquadrias

Veja abaixo algumas tipologias de esquadrias para auxiliar na definição de qual a melhor esquadria para o seu projeto.

Modo de abertura

- De correr: A folha de abertura e fechamento desliza no sentido horizontal, transformando esse modelo em ótima alternativa para portas e janelas e outros fechamentos de vãos de ambientes pequenos.

- De abrir: Possui apenas uma folha que se movimenta por dobradiças. Trata-se de é um dos modelos mais populares, aplicados principalmente em portas e janelas.

- Basculante: A abertura dessa estrutura é semelhante à uma gangorra. A esquadria basculante é indicada para fechamento de portões de garagens e outros grandes vãos.

 - Maxim-ar: Essa estrutura oferece abertura próxima de noventa graus e garante ótima circulação de ar. Por esse motivo são alternativas para banheiros, lavanderias, cozinhas, etc.

Material de fabricação

Para finalizar nosso artigo sobre porque usar esquadrias, conheça os principais materiais de fabricação das esquadrias.

- Alumínio

- Madeira

- PVC

- Metal

- Vidro

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Quem trabalha com espelho?

O vidraceiro é o profissional que trabalha com espelhos. Segundo consta, o vidraceiro é capaz de realizar a preparação das máquinas, cortar e instalar os espelhos - bem como vidros e vitrais, por exemplo. Entretanto, fique atento, pois a escolha do profissional deve ser realizada com muita responsabilidade. Certifique-se, por exemplo, que o vidraceiro é capaz de manter toda a sua obra dentro das normas de segurança da ABNT, se importa-se com a preservação ambiental, se utiliza materiais de qualidade, etc.

Ainda comentando sobre quem trabalha com espelho, é preciso escolher bem o vidraceiro para instalar espelhos porque a arquitetura com vidros é coisa séria! Uma especificação realizada de maneira errada pode comprometer fatores essenciais e buscados em espelhos, como a estética que ele oferece, o poder de reflexão de imagem, sua durabilidade, a segurança dos usuários, etc. Além do mais, se lembre de que um vidraceiro experiente sempre poderá te oferecer mais!

Conheça mais sobre o profissional vidraceiro

Como já comentamos, o vidraceiro é quem trabalha com espelhos, além de vidros e outros elementos do universo. Apesar da profissão vidraceiro ser quase invisível como o vidro, esses profissionais exercem papéis fundamentais para todo o ciclo do vidro. A responsabilidade do vidraceiro é enorme e envolve conhecimentos aprofundados para conseguir harmonizar as demandas e desejos dos clientes com os modelos de vidros disponíveis no mercado, sempre garantindo a segurança dos usuários e a plena funcionalidade da estrutura.

Isso quer dizer que quem trabalha com espelho deve conhecer sobre diversos produtos do segmento, como por exemplo:

- Espelho prata, fumê e bronze;

- Vidro laminado e vidro temperado

- Vidros blindados

- Vidros coloridos na massa

- Vidro serigrafados (pintados)

Além disso, é preciso experiência para adequar os tipos de vidros certos às diferentes estruturas. Sendo assim, quem trabalha com espelhos deve conhecer sobre a legislação e particularidades de:

- Guarda-corpo

- Portas e janelas

- Piscinas de vidro

- Box de banheiro

- Divisórias de vidro

- Esquadrias, coberturas e fachadas

- Dentre outros

Ainda falando sobre quem trabalha com espelhos, o vidraceiro também é habilitado para realizar manutenção preventiva e corretiva, identificando possíveis riscos presentes e a melhor maneira de corrigi-los, além de dar orientações relacionadas à limpeza do vidro, possíveis indícios de mau funcionamento, etc.

SEV Exclusivv

Na SEV Exclusivv você encontra quem trabalha com espelhos e todos os outros tipos de vidros conhecidos. Além de vidraceiros, nossa equipe conta com consultores de vidro com mais de trinta anos de experiência no mercado. Nosso objetivo é oferecer tanto soluções padronizadas e já existentes quanto a criação de projetos inovadores em conjunto do arquiteto e cliente. Por aqui você tem a certeza de que seu projeto com vidros estará em boas mãos.

Somos especialistas em arquitetura com vidros e estamos preparados para realizar, com maestria, serviços de:

- Espelhos

- Box de banheiro

- Envidraçamento de sacadas

- Guarda corpo de vidro

- Coberturas e telhados de vidro

- Portas, janelas e divisórias de vidro

Projetos especiais, como piscina de vidro, piso de vidro, vidros curvos, vidro acústico e/ou de controle solar, vidro autolimpante, smart glass (vidro inteligente ou vidro polarizado), estrutura de proteção patrimonial (vidros blindados), etc. Nosso know how permite que nossos colaboradores estejam presentes em todas as etapas da construção, como visita para levantamento de dados, estudo de viabilidade, medições, adaptações, desenvolvimento do projeto, execução, fornecimento de vidros, instalação, dentre outros.

E para finalizar nosso artigo sobe quem trabalha com espelho, lembramos que estamos no mercado desde o ano de 2006, ou seja, possuímos larga experiência neste universo. Nesses anos de dedicação nos orgulhamos de satisfazer os anseios de milhares de clientes sempre com alto nível de satisfação, atendimento e compromisso com a excelência. Não por acaso ostentamos a certificação ISO9001 de qualidade!

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.