Qual é o melhor blindex?

A marca Blindex® é reconhecida por comercializar vidros temperados de qualidade. Dentre as opções de vidros temperados disponíveis pela marca destacamos o vidro float temperado (tradicional), vidro impresso temperado, vidro serigrafado temperado, vidro refletivo temperado e o vidro blindex + segurança. Cada modelo possui uma característica singular, de modo que para saber qual é o melhor blindex para o seu projeto será preciso analisar alguns fatores.

 

Como sempre comentamos, para cada aplicação existe um tipo de vidro indicado. Nesse caso, apesar de todos pertencerem à categoria de vidros temperados, existem algumas diferenças entre eles, principalmente relacionadas à estética. Dessa forma, ao definir qual é o melhor para cada caso o profissional deverá considerar as vantagens e benefícios que o usuário deseja alcançar, considerando que a resistência elevada e fatores de segurança singulares estarão presentes em qualquer um dos modelos oferecidos pela marca.

Sendo assim, vamos conhecer um pouco mais sobre as características que cada opção pode oferecer para definir qual é o melhor blindex a utilizar. Dentre os modelos oferecidos é possível encontrar placas de vidro temperado de 06mm, 08mm e 10mm distribuídos em 05 tipos diferentes:

 

- Vidro temperado tradicional: Popular no mercado e utilizado principalmente quando o desejo é amplificar a entrada de luz nos ambientes. Dessa forma, é indicado principalmente para portas, janelas, divisórias, etc.

 

- Vidro impresso temperado: Ainda falando sobre qual é o melhor blindex, esse modelo também é chamado de vidro fantasia temperado e contém texturas que dificultam a visualização através do vidro sem eliminar a entrada de luz no ambiente; por esse motivo é indicado para áreas privativas e para decoração.

 

- Vidro serigrafado temperado: Esse modelo ganha uma pintura com esmalte cerâmico em sua superfície. A pigmentação pode ter diversas combinações geométricas ou de padrões e cores distintas, além de oferecer proteção para a superfície do vidro. Porém, o esmalte cerâmico não deixa passar grande porção de luminosidade aos ambientes.

 

- Vidro Refletivo temperado: Os vidros refletivos blindex são vidros de controle solar com revestimentos para vários níveis de transmissão de luz e calor. São indicados principalmente para garantir a privacidade de ambientes como salas, banheiros, cozinhas, dormitórios, ambientes corporativos, etc.

- Vidro Blindex + segurança: O vidro blindex + segurança possui uma película de proteção capaz de manter os fragmentos de vidro presos na estrutura nos raros caso de estilhaçamento da placa. Ainda segundo a marca, quando aplicado nas duas superfícies conseguem impedir ações de vândalos.

Quais são as cores do blindex?

Os vidros temperados blindex estão disponíveis nas cores incolor, verde, bronze e cinza, conforme consta no site da empresa. As cores dos vidros devem ser analisadas durante a definição de qual é o melhor blindex, pois podem interagir com quesitos funcionais, emocionais e decorativos. Consulte um profissional especializado!

Como saber se o blindex é original?

E para finalizar nosso artigo sobre qual é o melhor blindex, o produto original Blindex® possui a marca gravada em todas as peças de vidro, ora na superfície, ora em suas bordas, e dependendo do ano de fabricação, com diferenças no logotipo da marca. No site da empresa é possível verificar a linha e tipo de vidro e, a partir dos detalhes, constatar se o seu vidro blindex é original ou não.

FAQ – Perguntas e Respostas

- Qual diferença entre o vidro blindex e o vidro temperado?

Falando de maneira técnica e funcional, não existem diferenças entre o vidro temperado e o vidro blindex, a não ser a marca registrada Blindex®. Tanto o vidro blindex quanto os outros exemplares de vidro temperado comercializados no Brasil são fabricados pela mesma produtora – Cebrace.

- Quanto custa o metro quadrado de vidro blindex?

O preço do metro quadrado do vidro blindex varia conforme o modelo (tecnologia), espessura, mão de obra qualificada, oferta do produto na região, dentre outros. A melhor alternativa é solicitar um orçamento para empresas especializadas no ramo.

     
"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Qual tipo de vidro mais resistente?

Os vidros temperados são considerados os vidros mais resistentes de fácil acesso no mercado. O vidro temperado é em média cinco vezes mais resistente que um vidro comum com as mesmas dimensões e abrange fatores mecânicos (choques/impactos), flexibilidade e variações térmicas. Quando quebrado, o modelo se fragmenta em pedaços pequenos de baixo poder de corte, razão que contribui para ser categorizado como vidro de segurança. Veja qual tipo de vidro mais resistente e suas características nesse artigo!

Vidro temperado - Resistência, funcionalidade e segurança

O vidro temperado é popular no mercado devido às suas propriedades combinadas de resistência, funcionalidade e segurança oferecida aos usuários. Não por acaso esse modelo é classificado como vidro de segurança, pois se trata de um vidro que se quebra de maneira segura aos usuários. Esse leque de benefícios do vidro temperado é alcançado graças ao seu modo de fabricação, que – como o nome indica – se aproveita da técnica de têmpera.

Para entender qual tipo de vidro mais resistente, a têmpera consiste em submeter a placa de vidro à fornos escaldantes, porém, com controle de temperatura e, na sequência, o vidro recebe um grande choque térmico. O calor dos fornos expande as moléculas do vidro, entretanto, o choque térmico resfria e enrijece sua superfície, criando obstáculo para a expansão molecular - pois o centro do vidro se mantém quente. Esse cenário provoca tensão no vidro, responsável por trazer a resistência elevada da placa temperada.

Ainda comentando sobre qual tipo de vidro mais resistente, essa tensão também faz com que o vidro temperado, ao ser quebrado, espalhe seus fragmentos pelo ambiente. Isso acontece porque, ao ser submetido à impactos fortes o suficiente para criarem um stress que interaja com esses pontos de tensão, esta é liberada de uma forma que estilhaça por completo a placa de vidro. É por esse motivo, por exemplo, que o vidro temperado não pode ser cortado ou furado (após a têmpera) e, dessa forma, todas as placas devem ser feitas com medidas e dimensões exatas.

Quais são as diferenças entre o vidro comum, temperado e laminado?

É importante saber a diferença entre o vidro comum, temperado e laminado, pois como sabemos, para cada finalidade existe um tipo de vidro. Veja e entenda mais sobre qual tipo de vidro mais resistente.

Vidro comum: O vidro comum é a base de tudo. Também denominado de vidro float ou vidro plano, o modelo pode ser aplicado em alguns modelos de portas, janelas, divisórias, geralmente, quando os vidros forem instalados acima de 1,10 m acima do piso e devem ser encaixilhados ou colados em todo o perímetro. Além disso, serve de base para a criação de outros tipos de vidros, como os modelos abaixo.

Vidro laminado: O vidro laminado é fabricado a partir de duas (ou mais) placas de vidro comum intercaladas por película(s) de PVB, unidas através do calor. Esse conjunto garante placas de vidros resistentes e que mantém os fragmentos de vidros suspensos à estrutura - devido à alta aderência e flexibilidade do PVB. Não por o laminado é um vidro de segurança e indicado para participar de diversas aplicações.

Vidro temperado: Para finalizar nosso artigo sobre qual tipo de vidro mais resistente, como vimos, o vidro temperado é submetido à técnica de têmpera, que cria tensão molecular na massa vítrea e, como consequência, garante seus predicados de resistência e segurança. As características do modelo habilita o vidro temperado a participar de aplicações como box de banheiro, fachadas, portas, janelas e outros.

Qual tipo de vidro mais resistente?

FAQ – Perguntas e Respostas

- O que é o vidro temperado?

O vidro temperado é um vidro de segurança em média cinco vezes mais resistente que um vidro comum da mesma espessura e tamanho. Sua resistência é alcançada graças a submissão do vidro à técnica da têmpera e abrange fatores mecânicos, térmicos e de flexibilidade, dentre outros.

- Quando usar vidro temperado?

Considerando suas características físicas, o vidro temperado pode ser usado em estruturas como box de banheiro, janelas, portas; também pode ser aplicado na fabricação de tampos de mesas, peças decorativas, etc. Na arquitetura, as normas regulamentadoras da ABNT indicam quando usar o vidro temperado.

 
"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Saiba mais sobre o muro de vidro

Saiba mais sobre o muro de vidro - Com potencial de limitar os espaços enquanto integra os ambientes, o muro de vidro é indicado para projetos singulares. Diferentemente dos muros de alvenaria, o muro com vidro traz leveza e modernidade para toda a estrutura. Além disso, os muros de vidro são totalmente seguros – quando fabricado com os vidros corretos – e capazes de interagir com a acústica e iluminação do ambiente.

Muro de vidro vale a pena?

Os muros com vidro conseguem transformar por completo a fachada de uma edificação. É importante frisar que o vidro harmoniza facilmente com vários tipos de materiais, está disponível em diferentes cores e tons, é de baixa deterioração, resistente, seguro e, graças à sua singularidade, capaz de valorizar o preço de um imóvel, ou seja, trata-se de uma boa alternativa.

O muro de vidro vale a pena quando bem projetado e instalado por equipes responsáveis. Isso acontece porque o elemento pode interferir com a privacidade dos usuários das edificações ou até mesmo oferecer riscos físicos caso não sejam fabricados sob as diretrizes da ABNT. Os vidros indicados para muros de vidro são os laminados, temperados ou aramados, laminados de temperado ou vidros duplos compostos por esses modelos.

As laminações podem contar com interlayers especiais - como o SentryGlas® - para amplificar os fatores de resistência e segurança desse elemento. Já o muro de vidro temperado pode ser equipado com películas de proteção. Por esse motivo é preciso contratar equipes que saibam como instalar muro de vidro para realizar um estudo da área e garantir que toda a obra esteja dentro das normas regulamentadoras da ABNT. Dessa forma o muro de vidro é seguro e, com certeza, vale a pena.

Além disso, podem ser fabricados com vidros coloridos ou vidros especiais, como vidro autolimpante, vidro jateado, vidro espelhado, dentre outros. Veja abaixo uma série de combinações possíveis:

- Muro de vidro temperado

- Muro de vidro jateado

- Muro de vidro para varanda

- Muro de vidro espelhado

- Muro de vidro adesivado

Devido a facilidade de harmonização do vidro com outros materiais, o mercado também oferece modelos como:

- Muro de vidro com alumínio

- Muro de vidro com grapa

- Muro de vidro com inox

- Muro de vidro com portão de alumínio

- Muro de vidro com perfil

- Muro de vidro com madeira

- Muro de vidro com grade

- Muro com vidro em cima

Abaixo destacamos outras considerações e características desta estrutura:

- A estrutura substitui com maestria os muros de alvenaria, inclusive nos fatores de resistência e proteção.

- O muro feito com vidro possibilita a exposição da frente da casa e seus elementos, como a fachada ou jardim.

- O vidro permite a integração dos ambientes interno e externo.

- São alternativas para amplificar a iluminação do espaço.

- A utilização de vidros espelhados, fosco ou jateados garantem privacidade enquanto permitem visualização do lado de fora e entrada de luz natural.

- Se está se perguntando como limpar muro de vidro, a estrutura é facilmente lavada com água e sabão.

- Podem ser utilizados para separar ambientes que sofrem com a umidade, como áreas de lavanderias.

 

Saiba mais sobre o muro de vidro Saiba mais sobre o muro de vidro

Muro de vidro área externa

Com esse leque de benefícios e versatilidade, não é por acaso que os muros de vidro são considerados uma tendência da decoração moderna. Com essa aplicação o ambiente fica totalmente renovado e moderno, cenário que faz com que o elemento agrade até mesmo o mais exigente dos usuários. Lembramos que por aqui, na SEV Exclusivv, trabalhamos com profissionais especializados no ramo e que sabem como instalar muro de vidro. Garantimos que todo o projeto ficará enquadrado nas normas da ABNT para oferecer a melhor experiência do mercado. Mantenha contato com nossa equipe e solicite um orçamento!

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Logística do vidro pode mudar, alterando assim a quantidade de vidro reciclado - Você sabia que o vidro pode levar até 4 mil anos para se decompor? Entretanto, o elemento é um dos materiais mais utilizados no cotidiano, oferecendo benefícios e funcionalidades diversas, seja no segmento automobilístico, indústria moveleira, arquitetura, decoração de interiores ou utensílios domésticos, cenário que faz com que haja cada vez mais descarte desse tipo de material - muitas vezes de maneira inadequada, prejudicando o meio ambiente.

Esse fato demonstra a importância da reciclagem do vidro, ainda mais se consideramos que o material consegue ser reciclado em sua totalidade, sem perdas – isso quer dizer, por exemplo, que 01 kg de caco de vidro resulta em exatamente 01 kg de vidro reciclado, pronto para o uso. Além disso, o material pode ser reciclado diversas vezes sem perder suas características intrínsecas. Interessante não?

Vale destacar ainda que, além de contribuir imensamente com a natureza, a indústria da reciclagem, como um todo, favorece milhares de trabalhadores brasileiros – os chamados catadores – que atuam juntamente com as cooperativas de reciclagem na árdua tarefa de recolher, separar e destinar os resíduos sólidos de maneira adequada.

Logística do vidro

No Brasil, aproximadamente 40% dos produtos de vidro são fabricados a partir da reciclagem, cenário que pode ser alterado com a implantação da logística reversa, criando uma expectativa de que esse quadro aumente em um futuro próximo. A logística reversa do vidro está prevista em um plano elaborado há mais de 10 anos (PNRS – Plano Nacional de Resíduos Sólidos) e, recentemente, foi submetida à consulta pública.

A logística reversa trata sobre a responsabilidade que uma empresa tem de retirar o material que ela colocou na sociedade (juntamente com seu produto) e destiná-lo a reciclagem de maneira correta. Se forem respeitadas as metas estabelecidas no referido plano, em 04 anos (até 2.025) o Brasil reciclará 50% de todo o vidro que a indústria coloca no mercado nacional.

Apesar de ser um número considerado baixo por alguns especialistas – aumento de apenas 10%, se considerarmos os dados divulgados pela própria indústria - é preciso destacar que toda a indústria vidreira, a sociedade e o nosso meio ambiente se beneficia com a reciclagem, de modo que qualquer aumento nesse índice consegue causar grande impacto positivo em todos os agentes envolvidos.

As metas estabelecidas no acordo de logística reversa do vidro são as seguintes: No ano vigente (2021), o acordo coloca como meta a reciclagem de 25% dos vidros disponibilizados no mercado. Em 2022 essa taxa sobe para 31,25%. No ano de 2023, a meta é reciclar 37,50% de todo o vidro produzido no Brasil, meta que aumenta para 43,75% no ano seguinte até atingir 50% de reciclagem do vidro no ano de 2025.

O Ministério do Meio Ambiente ressalta que além da geração de renda para a cooperativas e catadores, os municípios também serão beneficiados, já que as embalagens de vidro atualmente sobrecarregam os sistemas de limpeza urbana municipais - os municípios não são responsáveis por esses resíduos, legalmente falando.

Vidro reciclado

O ideal, claramente, seria a reciclagem de 100% (ou quase isso) de todo o vidro despejado na sociedade. Entretanto, para alcançar esse índice, é preciso existir uma sintonia em todos os envolvidos; que o poder público ofereça a estrutura adequada, que as indústrias pensem no processo de reciclagem desde a confecção do produto, que haja a correta separação e conservação dos resíduos, trabalhando ainda a educação de toda a sociedade para que nos conscientizemos de que também somos responsáveis por esse descarte seguro dos materiais.

Trata-se de um cenário que tem solução, mas ninguém conseguirá resolver esse problema sozinho. É preciso que todos funcionem como uma engrenagem, pois a reciclagem precisa de todos os indivíduos, cada um fazendo a sua parte.

Logística do vidro pode mudar Logística do vidro pode mudar

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.