Pisos de vidro

Os pisos de vidro são capazes de elevar o patamar de qualquer projeto arquitetônico. Isso acontece porque o vidro agrega qualidades únicas aos pisos, pois é um material versátil que aceita personalizações e beneficiamentos diversos, de ampla funcionalidade e de estética de alto valor. Com tendência minimalista, um piso de vidro tem a capacidade de integrar ambientes e auxiliar no melhor aproveitamento da luz local, além de harmonizar com qualquer estilo decorativo.

Apesar da singularidade, um piso de vidro transitável é totalmente seguro quando fabricado com os vidros e insumos corretos. Atualmente, a tecnologia permite a fabricação de vidros extremamente resistentes, capazes até de participarem de projetos arquitetônicos exercendo papéis estruturais, como tijolos, vigas, pilares, etc. Ficou curioso? Continue a leitura e saiba mais sobre como fazer piso de vidro, que tipo de vidro usar para fazer um piso e outras curiosidades sobre essa estrutura capaz de agradar até o mais exigente dos usuários.

Piso de vidro transitável

Quem diria que um dia o vidro saltaria das janelas e portas para participar de uma estrutura como pisos? Isso foi possível graças ao avanço da tecnologia direcionada à indústria vidreira, que permitiu a fabricação de vidros estruturais de alta resistência, flexibilidade e segurança. Atualmente o mercado possui tecnologia para fabricar piso de vidro para residência, ambientes corporativos ou até mesmo passarelas e pontes enormes ligando desfiladeiros que se tornam pontos turísticos dos locais onde são construídas.

Os pisos de vidro estão presentes, geralmente, em projetos inovadores ou inusitados, que se aproveitam dos benefícios do vidro para amplificar o trânsito de luz no ambiente, aperfeiçoar as técnicas de integração dos espaços e trazer uma estética singular que somente o uso do vidro na decoração poderia oferecer. De certa forma, um piso feito de vidro pode valorizar o ambiente de diversas formas, inclusive, no momento de uma possível revenda no futuro.

Considere, por exemplo, que os pisos de vidro são totalmente versáteis, aceitam diversos tipos de beneficiamentos e personalizações e são totalmente atemporais. Com conhecimento adequado o piso de vidro pode ser o destaque de um ambiente, estabelecer um contraponto decorativo ou participar da decoração de maneira sutil e minimalista. Não por acaso os pisos feitos com vidro viraram tendência arquitetônica!

Piso de Vidro

Qual a espessura para piso de vidro?

Determinar a espessura para pisos de vidro é tarefa para profissionais. Para encontrar a espessura ideal da placa de vidro para piso é preciso analisar diversos fatores, como por exemplo, as dimensões do vão a ser fechado, o tipo de vidro indicado, tecnologia do interlayer utilizado na laminação das chapas, presença ou não de apoios, cargas e outros esforços que estarão presentes, deflexão do vidro, etc.

Destacamos, por exemplo, que um local para tráfego de pessoas exige esforços diferentes dos exigidos de um piso com vidro para acomodar objetos pesados (como os de uma exposição) ou cargas. Já a deflexão considera o balanço e a curvatura que estará presente no local, lembrando que esse parâmetro, se determinado de maneira errada, pode trazer desconforto e problemas estruturais.

Que tipo de vidro posso usar para fazer um piso?

A fabricação de pisos de vidro deve ser feita com vidros laminados ou multilaminados. Na composição é possível aplicar placas de vidro temperado e/ou películas interlayers estruturais - como o SentryGlas®, que amplifica a capacidade de resistência e segurança do vidro enquanto permite a aplicação de chapas de espessura menor. Também é possível utilizar vidros coloridos ou com tecnologia antiderrapante (piso de vidro antiderrapante); ou recorrer à outras tecnologias, como é o caso do piso de vidro com led - que esbanja modernidade.

Definitivamente, os pisos de vidro são estruturas singulares! Porém, vale destacar: Para que os pisos de vidro transitáveis sejam seguros, a estrutura precisa ser projetada por profissionais que sabem como fazer piso de vidro de maneira cirúrgica, pois caso seja construído com negligência o piso em vidro poderá oferecer riscos aos usuários. Em caso de dúvidas, mantenha contato com um colaborador de nossa equipe!

"

O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos

"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.