Como calcular vidro para box?

O cálculo do vidro para box deve considerar o tamanho da chapa de vidro e espessura ideal para garantir uma estrutura leve, mas ao mesmo tempo, resistente e segura aos usuários. Para calcular o tamanho do vidro para box, por exemplo, é preciso levar em conta a folga entre o vidro e a parede e os descontos necessários para o perfeito encaixe do vidro aos perfis. Já o cálculo da espessura do vidro para box de banheiro analisa fatores como tamanho do vão a ser fechado, largura do trilho do box, modelo, necessidade de reforço extra, etc.

 

Resumidamente, para saber como calcular vidro para box é preciso combinar diversos dados, além de harmonizar toda a estrutura às normas da ABNT. Destacamos que o mercado oferece vidros de diversas espessuras, como 06mm, 08mm, 10mm, 12mm, 16mm, até espessuras especiais; e o tamanho da placa de vidro também está disponível em diversas medidas. Lembrando que o vidro aceita personalização em seu tamanho, com cortes e furos, para melhor encaixe na estrutura.

 

Porém, isso deve ser feito por profissionais, pois o vidro temperado, por exemplo não pode receber furos ou cortes depois do processo de têmpera. Por este e outros fatores é extremamente importante saber como calcular vidro para box, pois o cálculo precisa ser cirúrgico. O aconselhável é que toda instalação do box de vidro, desde o projeto inicial até a finalização, seja realizada por profissionais habilitados que sabem estudar e analisar todos os fatores essenciais para o cálculo do vidro para box ideal.

 

E para você que procura como calcular vidro para box, destacamos que os vidros indicados para box de banheiro é o temperado e o laminado, sendo que o vidro comum não deve NUNCA ser utilizado em box para banheiro. Os vidros laminados e temperados são classificados como vidros de segurança e garantem reforço extra, resistência elevada e estilhaçamento seguro, diferentemente do vidro comum, que é menos resistente e quando quebrado oferece grandes lâminas pontiagudas capazes de ferir uma pessoa gravemente.

Vidros para box de banheiro

Ainda falando sobre como calcular vidro para box, quem determina esses fatores e outros, como os tipos de vidros para box de banheiro, é a ABNT. Segundo as regulamentações do órgão, o box de banheiro deve ser composto por vidros de segurança laminado ou temperado (com película ou não) de no mínimo 08mm de espessura, porém, essa medida pode ser maior dependendo das necessidades do projeto, como reforço extra, tamanho do vão a ser fechado, largura do trilho, etc.

 

Devido a alta resistência a variações térmicas, o vidro temperado é o mais utilizado em box de banheiro. Entretanto, esse tipo de vidro, quando estilhaçado, se fragmenta por completo e deixa o vão da estrutura aberto, porém, não provoca cortes. Para evitar que o vão fique aberto é possível utilizar película de segurança externa, que a norma não obriga seu uso, mas é uma alternativa viável para aumentar os fatores de proteção do box.

Importância do cálculo correto do vidro

Como já comentamos, é de extrema importância saber como calcular vidro para box, principalmente a sua espessura. Preste muita atenção, pois as placas de vidro menos espessas são, naturalmente, mais baratas, mas podem não oferecer a resistência exigida para o box de banheiro. Por outro lado, as chapas mais espessas são mais resistente, porém, são mais caras e, dependendo da espessura, deixa a estrutura mais pesada e pode comprometer a parede, ocasionando acidentes.  

Para finalizar nosso artigo sobre como calcular vidro para box, a melhor alternativa é adequar toda a obra às diretrizes recomendadas pela ABNT, em especial, na NBR 7199, que versa sobre o projeto, execução e aplicação do vidro na construção civil; e NBR 14207 – que dentre outras diretrizes, contém uma tabela com as espessuras recomendadas para vidros de segurança para box de banheiro. Em alguns casos é possível recorrer à softwares específicos, porém, é importante que esses dados sejam interpretados por profissionais experientes.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.