O que preciso saber sobre esquadrias?

As esquadrias são estruturas fundamentais em qualquer edificação, pois interage com fatores como segurança, estética, conforto, melhor aproveitamento da luz e ventilação natural, etc. O mercado arquitetônico tem à sua disposição diversos tipos de esquadrias com características diferentes. Mas com tantas opções, você sabe por onde começar? ‘O que preciso saber sobre esquadrias’ o tema do nosso artigo de hoje, onde abordaremos as características de alguns dos principais modelos de esquadrias oferecidos no mercado.

O que é esquadria?

Tecnicamente, esquadria é o nome da estrutura que possibilita a criação de vãos como portas, janelas, portões, venezianas. Considerando sua função principal, as esquadrias possuem status de elemento arquitetônico indispensável na maioria das edificações. Entretanto, como já comentado, as estruturas possuem responsabilidades mais amplas que a criação de portas, janelas e etc.

Com a esquadria (na forma de portas e janelas) o usuário consegue ter o controle de iluminação e ventilação natural, entrada de intrusos, proteção contra intempéries, segurança e proteção dos usuários, conforto dos ambientes e estética decorativa. Para isso o mercado oferece diversos tipos de esquadrias, que podem ser listadas em duas categorias: Modo de abertura e materiais utilizados na fabricação das esquadrias.

Conheça os principais tipos de esquadrias

Dando continuidade ao nosso artigo sobre o que preciso saber sobre esquadrias, vamos conhecer os principais modelos de esquadrias disponíveis no mercado. Conforme comentado acima, dividiremos essa lista em duas categorias.

Tipos de esquadrias – Função e Modo de abertura

- Esquadrias de correr: Alternativas para portas e janelas e outros fechamentos de vãos de ambientes pequenos, pois a folha desliza no sentido horizontal.

- Esquadrias de abrir: Com apenas uma folha que se movimenta através de dobradiças, a esquadria de abrir é um dos modelos mais populares, utilizados principalmente em portas e janelas.

- Esquadrias Maxim-ar: Essa estrutura oferece abertura próxima de noventa graus, cenário que garante ótima circulação de ar. São indicadas para banheiro, lavanderia, cozinhas, etc.

- Esquadrias basculante: A esquadria basculante é alternativa para fechar grandes vãos como portões de garagens ou depósitos. A abertura dessa estrutura é semelhante à uma gangorra.

Tipos de esquadrias – material de fabricação

Ainda respondendo à pergunta ‘o que preciso saber sobre esquadrias?’, os modelos de esquadrias ainda podem ser definidos pelo tipo de fabricação, como é o caso das esquadrias de:

- Alumínio

- PVC

- Madeira

- Vidro

- Metal

Além disso, nesta lista sobre o que preciso saber sobre esquadrias, ao definir o modelo a ser utilizado é preciso considerar fatores como:

- Posicionamento para melhor captação de luz e ventilação

- Finalidade da aplicação (conforto acústico, privacidade, proteção patrimonial, etc)

- Qualidade dos materiais utilizados

- Especialização da equipe responsável pelo projeto

- Periodicidade de manutenção

- Fatores ambientais

- Normatização da ABNT.

Para finalizar nossa lista de ‘o que preciso saber sobre esquadrias’, é de extrema importância que todo o projeto esteja em conformidade com a ABNT, pois isso garante segurança e qualidade nas aplicações. A NBR 10821 cria diretrizes para toda a produção de esquadrias; além disso, a NBR 7199 dita parâmetros para a utilização de vidros na arquitetura. Fique atento e exija que as esquadrias e sua instalação estejam dentro das normas regulamentadoras.

FAQ – Perguntas e respostas

 

Quais os materiais mais utilizados na fabricação de esquadrias?

Os materiais mais utilizados na fabricação de esquadrias são o alumínio, PVC, madeira, metal e ferro. Entretanto, é possível encontrar esquadrias fabricadas de materiais inesperados, como a esquadria de vidro. Cada material de fabricação pode agregar uma característica singular a aplicação.

Quanto a sua função quais os tipos de esquadrias existentes?

Veja uma lista com os principais tipos de esquadrias existentes, separadas quanto a sua função/modo de abertura:

- De abrir

- Basculante

- De correr

- Maxim Ar

- Sanfonada (camarão)
"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.