Tipos de Fachada de Vidro

Uma fachada envidraçada consegue contribuir de diversas formas para prédios, escritórios e residências. Além do quesito estético – que não deixa uma edificação passar despercebida – a estrutura é encontrada em configurações variadas e pode contar com vidros com variadas tecnologias, beneficiamentos e aparências.

 

Os diferentes tipos de fachada de vidro agregam valores distintos às edificações e são capazes de amplificar fatores como conforto, funcionalidade, facilidade de manutenção, estética, segurança e economia de dinheiro. Ficou curioso? Leia esse artigo e conheça mais sobre os principais modelos de fachada de vidro!

Fachadas de vidro – tipos

fachada Comercial

Devido à sua popularidade, o mercado disponibiliza configurações e modelos de fachadas de vidro com diferenças relacionadas principalmente aos métodos de fixação do vidro, tipos de acomodação das placas e alternativas estéticas. Vale destacar, ainda, que é possível encontrar diferenças que variam conforme o tipo de vidro utilizado na estrutura. Abaixo comentaremos um pouco sobre 04 tipos de fachada de vidro populares na arquitetura e construção civil.

01 - Fachada Spider de vidro

O envidraçamento de fachada spider é singular, pois a fixação dos vidros ocorre através de ferragens especiais articuladas que se assemelham à um aracnídeo, sem a utilização de caixilhos, de modo que a vedação da fachada acontece com a própria junção dos vidros. O resultado final é uma fachada singular capaz de agradar até o mais exigente dos clientes.

02 - Pele de vidro / Fachada Grid

Ainda comentando sobre os principais tipos de fachada de vidro, a pele de vidro é tradicional devido a estética que imprime às entradas prediais. Também chamada de cortina de vidro, na fachada grid as colunas de sustentação maiores ficam invisíveis, enquanto que as placas de vidro ficam acomodadas em perfis mais finos e delicados, formando uma espécie de moldura para o vidro.

03 - Fachada Glazing

A técnica utilizada na instalação da fachada estrutural glazing é inovadora e, diferentemente das peles de vidro, faz com que todas as colunas e outras estruturas de sustentação do vidro fiquem escondidas, imprimindo uma aparência clean e minimalista às edificações. Não por acaso a fachada com vidro estrutural glazing é frequentemente requisitada no mercado!

04 - Sistema unitizado

O envidraçamento das fachadas através do sistema unitizado é um dos mais modernos disponíveis no Brasil. Nesse método a coluna de sustentação do vidro é dividida em módulos fabricados sob medida para serem fixados já prontos. Os módulos são instalados separadamente, técnica que auxilia na eliminação de etapas da instalação da fachada

Fachadas envidraçadas

Dando continuidade ao nosso texto sobre os principais tipos de fachada de vidro, o envidraçamento de fachadas é muito popular na arquitetura do mundo todo. Apesar de as fachadas de vidro estarem mais presentes em prédios comerciais – principalmente daquelas empresas que desejam causar impacto e associar a sua marca a sustentabilidade ou grandeza - esse elemento arquitetônico é totalmente adaptável a residências e escritórios, oferecendo as mesmas funções e benefícios que os tipos de fachada de vidro prediais oferecem, como por exemplo:

 

- Proteção e segurança aos usuários;

 

- Resistência e durabilidade

 

- Diminuição do uso de condicionadores de ar – conforto térmico

 

- Melhor aproveitamento da iluminação natural;

 

- Diminuição de ruídos – conforto acústico

 

- Facilidade de manutenção;

 

- Integração entre os ambientes externo e interno;

 

Outro benefício da fachada envidraçada consiste na valorização que o elemento agrega às edificações, cenário que pode ser melhor observado por ocasião da venda do imóvel. Finalizando nosso artigo sobre os tipos de fachada de vidro, é válido destacar que para que todas essas vantagens estejam presentes a fachada deve ser envidraçada com os modelos de vidros apropriados para cada necessidade. Para isso é preciso elaborar um estudo capaz para identificar os melhores insumos a serem utilizados e as diretrizes exigidas.

"

O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos

"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Vidro de Segurança

Vidro de segurança é a categoria de vidro mais utilizada na arquitetura e construção civil. Como o nome indica, seu uso é recomendado para trazer segurança e proteção às estruturas e aos usuários. Os vidros de segurança recebem essa denominação por se estilhaçarem de maneira segura aos usuários, além de serem mais fortes e resistentes que um vidro comum com as mesmas dimensões.



Atualmente, destacamos três tipos de vidro de segurança: Vidro laminado, vidro temperado e o vidro aramado. Cada modelo possui uma configuração distinta, porém, todos possuem a mesma semelhança: Além de resistentes, ao se quebrarem não oferecem grandes lascas de vidro pontiagudas capazes de causar ferimentos graves nas pessoas. Não por acaso o uso desse tipo de vidro é exigido para algumas aplicações, conforme dita as normas da ABNT.

Principais tipos de vidro de segurança

O vidro é altamente aplicado em diversos segmentos devido à sua versatilidade. Na construção civil e arquitetura, além de imprimir uma estética singular, o vidro também é alternativa para trazer e promover a segurança do ambiente. Para conseguir essa proeza, é preciso recorrer aos vidros de segurança, no caso, o vidro temperado, vidro laminado e o vidro aramado. Cada modelo possui características distintas e suas aplicações são definidas pela ABNT. Veja abaixo:

Vidro de segurança temperado

O vidro temperado é em média 05 x mais resistente que um vidro comum com as mesmas dimensões. A sua resistência elevada provém do seu método de fabricação, onde a placa de vidro é submetida à uma têmpera, ou seja, é aquecida a temperaturas altíssimas e resfriada repentinamente, cenário que causa tensão molecular constante e resulta na resistência acima do comum.



A resistência do vidro temperado pode ser observada em vários fatores, como impactos mecânicos, choques térmicos, torção, flexão e flambagem. Além disso, outro motivo pelo qual o temperado é classificado como vidro de segurança consiste no fato de se quebrar em pequenos pedaços de vidro não pontiagudos, praticamente anulando as chances de acidentes sérios. Por esses e outros motivos o vidro temperado é indicado para:



- Portas, janelas e divisórias.



- Box de banheiro



- Tampos de mesa



- Fachadas e envidraçamento de sacadas



É importante destacar que a aplicação do vidro de segurança temperado deve estar harmonizada com as diretrizes da ABNT, como a NBR 7199.

Vidro de segurança laminado

Os vidros laminados possuem vantagens diversas e podem participar de quase todos os tipos de aplicações de edificações. Uma placa de vidro laminado é alcançada a partir da junção de duas (ou mais) placas de vidro unidas através de películas interlayer(s) de alta aderência. As chapas de vidro podem ser de vidro comum, temperados, vidros coloridos, etc, enquanto que a película interlayer, além de transparente, pode ser colorida ou com características estruturais.



Nos casos de estilhaçamento do vidro laminado a película de alta aderência (EVA ou PVB) fica responsável por segurar e manter os fragmentos de vidro presos a si, mantendo aquele determinado vão fechado até a manutenção sem espalhar estilhaços de vidro pelo ambiente. Por esse motivo o vidro de segurança laminado é indicado para:



- Portas, janelas, divisórias



- Vitrines, fachadas



- Guarda-corpos, box de banheiro



- Coberturas diversas (telhados, marquises, claraboias, etc).



- Envidraçamento de sacadas



- Pisos, escadas, visores de zoológico, piscinas (vidro laminado estrutural)



- Dentre outros



Além disso, o vidro laminado é alternativa para fechamento de vãos onde é exigido resistência ao fogo ou calor ou para evitar arrombamentos (vidro blindado, vidro multilaminado).

Vidro de segurança Aramado

Apesar de menos popular, os vidros aramados possuem sua parcela de preferência no universo arquitetônico. Isso se deve ao fato de o modelo possuir estética singular, pois possui uma malha de vidro acoplada à sua massa vítrea visível para todos. Além da estética singular, essa malha fica responsável por manter os estilhados de vidro presos a si em casos de fragmentação da placa, cenário semelhante ao que ocorre com o vidro laminado.



Considerando suas características, o vidro de segurança aramado é indicado para diversas aplicações tal qual os vidros laminados, com exceção de box de banheiro, envidraçamento de sacadas, pisos, escadas, piscinas, retardamento de arrombamento e barreiras contra calor ou fogo. Interessante, não? Acompanhe a SEV Exclusivv para mais artigos como este!

 
"

O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos

"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.