Qual o tipo de vidro para telhado?

Segundo ditam as normas da ABNT, o tipo de vidro indicado para telhado é o laminado, aramado ou vidro duplo - desde que sua face interior seja composta de vidro laminado ou vidro aramado. Isso acontece porque esses modelos mantém os fragmentos de vidro suspensos na estrutura em casos de quebra, uma característica essencial para telhados e coberturas de vidro. O vidro temperado só pode ser aplicado em telhados e coberturas caso contenha laminação (vidro laminado de temperados). É importante lembrar que a laminação pode ser combinada com outras tecnologias, como é o caso dos vidros de controle solar, vidros refletivos, coberturas retráteis. Com um telhado de vidro o usuário consegue eliminar as barreiras visuais existentes no local, oferecendo uma nova ótica do ambiente ao trazer o cenário externo para dentro das edificações. Interessante, não? Continue a leitura e saiba mais sobre qual o tipo de vidro para telhado, suas principais características e benefícios.

Qual é o tipo de vidro usado em coberturas?

O telhado de vidro é capaz de modificar por completo um ambiente. Esse tipo de cobertura é frequentemente requisitada para projetos inovadores, capazes de agradar o mais exigente dos usuários e de atribuir uma assinatura única aos idealizadores, afinal de contas, trata-se de uma estrutura de estética singular que oferece funcionalidades e vantagens difíceis de serem alcançadas nos telhados ou coberturas tradicionais. É importante saber qual o tipo de vidro para telhado e coberturas, pois isso permite que o usuário aproveite de todos os benefícios que a estrutura pode oferecer, como a ampla entrada de iluminação natural, possibilidade de controle da ventilação (cobertura retrátil), estética única, segurança e proteção (aos usuários, mobílias e estofados). Lembramos que os colaboradores da SEV Exclusivv são especializados e capazes de harmonizar uma exigência da ABNT aos desejos dos usuários. Cobertura de vidro em pergolado

Tipos de vidros para telhados e coberturas

Como já comentamos no início do texto, o vidro indicado para coberturas e telhados de vidro são os laminados e aramados. Caso a opção seja por vidros insulados, é obrigatório que a face interior da estrutura seja composta por um dos vidros acima citados. Lembramos que o vidro comum não deve, em hipótese alguma, ser usado em telhados e coberturas; além disso, o vidro temperado, mesmo sendo um vidro de segurança, só poderá participar da estrutura se conter laminação.

- Vidro Laminado

O vidro laminado inicia nossa lista sobre qual o tipo de vidro para telhado. O modelo é frequentemente utilizado devido à sua configuração que auxilia no bloqueio de parte da radiação solar e de ruídos extremos. O vidro laminado é composto por duas ou mais placas de vidros que são unidas por uma película de PVB; sua composição garante resistência elevada, enquanto que o PVB fica responsável por manter os estilhaços de vidro suspensos em casos de quebra.

- Vidro aramado

O vidro aramado, apesar de menos popular, também está dentre os tipos de vidros para telhados e coberturas. Os vidros aramados, caso estilhaçados, funcionam semelhantemente aos vidros laminados, ou seja, mantém os pedaços de vidro presos a si. Isso acontece graças a uma malha metálica que é inserida na massa do vidro, nos primeiros estágios de sua fabricação.

- Vidro insulado

O vidro insulado (ou vidro duplo) dá continuidade ao nosso texto sobre qual o tipo de vidro para telhado e/ou coberturas de vidro. A configuração do vidro insulado – que se utiliza de duas ou mais placas de vidro dispostas paralelamente – dificulta a troca de calor e de sons entre os ambientes interno e externo, trazendo mais conforto para todos os usuários. Reforçamos que, nesse caso, a estrutura deve possuir vidro laminado ou aramado em sua face interior. Frisamos também que esses tipos de vidro para telhados e coberturas podem receber outros beneficiamentos, como tecnologias de controle solar, vidros acústicos, vidros que garantem a privacidade dos usuários, etc. Caso tenha dúvidas, mantenha contato com um de nossos colaboradores; pois aqui sabemos qual o tipo de vidro para telhado e nos comprometemos em manter toda a sua obra dentro das normas da ABNT. Venha para a SEV Exclusivv.
"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Quanto custa um box Elegance?

Definir quanto custa um box Elegance depende de diversos fatores, como, por exemplo, o tamanho da estrutura, os tipos de vidros utilizados na composição, mão de obra qualificada, oferta do produto/região, etc. Apesar de existirem registros médios de preços e/ou de quanto custa um box para banheiro Elegance, o mais indicado para esse cenário é procurar os serviços de empresas especializadas no assunto para solicitar um orçamento conforme sua necessidade.

É importante também destacar que esse tipo de estrutura deve ser projetada e instalada por profissionais responsáveis e qualificados. Isso acontece porque o box elegance deve se submeter as diretrizes e normas da ABNT para garantir, além de sua elegância e estética singular, todos os predicados de segurança necessários para que a estrutura proteja realmente os usuários. Por isso, bem além de saber quanto custa um box Elegance, é de extrema importância contratar equipes especializadas para realizar sua instalação.

Entenda o preço do box de banheiro Elegance

Como já comentado no começo do texto, para saber quanto custa um box elegance é preciso considerar diversos fatores. Veja abaixo algumas observações que ajudam a definir o preço do box de banheiro elegance.

- Tamanho da estrutura

O tamanho da área que será protegida pelo box para banheiro é um dos principais fatores considerados em um orçamento para instalação de box elegance. Claramente, quanto maior a estrutura, mais insumo será necessário para sua criação e, consequentemente, maior o preço final do serviço.

- Modelo da estrutura

Além do tamanho, o modelo de box elegance escolhido para compor o projeto auxilia a definir quanto custa um box elegance. O mercado oferece diversos tipos do produto, como por exemplo:

- Box elegance canto - Box elegance frontal - Box elegance até o teto

Lembramos que existem outros modelos disponíveis no mercado. Consulte um profissional!

- Cor do box elegance

Em alguns casos, a cor do box de vidro para banheiro Elegance também interfere no preço final. Veja algumas cores populares no mercado:

- Box elegance dourado - Box elegance cromado - Box elegance preto

A indústria fabrica box elegance de cores variadas e tonalidades capazes de se adaptar facilmente a qualquer estilo decorativo.

Quanto custa um box Elegance?

- Tipo de vidro

O tipo de vidro é outro fator determinante na busca para saber quanto custa um box elegance. Destacamos que a estrutura aceita tipos de vidros diferentes, com qualidades e aparências diferentes, cenário que interfere no preço do box elegance. Lembramos aqui que os vidros indicados para box de banheiro devem ser de segurança, como o vidro temperado, um modelo resistente a impactos, flexão e variações bruscas de temperatura.

O que é box Elegance?

O box para banheiro Elegance é um modelo inovador, com roldanas aparentes e destaques para as partes em metal. Além disso, o box elegance oferece movimentação suave das portas (placas de vidro) e um design diferenciado capaz de atribuir uma assinatura única ao decorador.

Quais os tipos de box para banheiro?

A indústria oferece diversos modelos de box para banheiro. Como destaque podemos citar o box de correr (ideal para espaços equenos), box Elegance (que se destaca pela sua elegância), box de abrir, box de canto, box frontal, box sanfonado (articulado), dentre outros.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Qual melhor tipo de vidro para cobertura?

O melhor tipo de vidro para cobertura é o laminado, conforme indica a ABNT NBR 7199, que determina o uso de vidros na construção civil. Além de ser mais resistente, o vidro laminado é indicado para cobertura devido ao fato de manter os pedaços de vidros suspensos na estrutura em casos de estilhaçamento, evitando acidentes físicos e mantendo o vão intransponível até manutenção. Por possuir tecnologia semelhante, o vidro aramado também pode ser aplicado em coberturas.

Vale lembrar que não existe uma norma técnica exclusiva para cobertura de vidro. Além do mais, a espessura do vidro para cobertura dependerá de diversos fatores, como área a ser coberta, modelo da estrutura, tamanho da placa de vidro e outras variantes; destacamos ainda que esse cuidado serve para marquises, claraboias, pergolados, etc. Por isso é importante contar com o auxílio de profissionais que saibam qual melhor tipo de vidro para cobertura, como os da SEV Exclusivv!

Saiba mais sobre qual o vidro indicado para cobertura

As coberturas de vidro conseguem modificar por completo a decoração e atmosfera de um ambiente devido ao seu apelo estético e inovador. Porém, é importante saber qual melhor tipo de vidro para cobertura, pois a escolha errada do modelo pode ocasionar acidentes graves. Um vidro temperado, por exemplo, mesmo sendo um vidro de segurança não pode ser aplicado sem laminação na cobertura, pois quando se quebra, estilhaça por completo e deixa o vão livre.

Como já comentamos, o modelo indicado para cobertura é o vidro laminado ou aramado, segundo as normas da ABNT. Isso acontece porque os dois modelos possuem a capacidade de manter os cacos de vidros suspensos na estrutura em casos de acidentes seguidos de quebra. Essa característica é primordial para esse tipo de aplicação, afinal de contas, já imaginou pedaços de vidro caindo do telhado? Esse cenário pode causar acidentes fatais!

Qual melhor tipo de vidro para cobertura

Tipos de vidro para cobertura

Ainda falando sobre qual melhor tipo de vidro para cobertura, vamos resumir as principais características dos vidros laminado e aramado e entender porque as normas indicam esses modelos para compor coberturas, marquises, claraboias e outras aplicações do gênero.

Vidro laminado

O vidro laminado é fabricado a partir de duas ou mais placas de vidro comum unidas através de uma película de PVB – Polivinil butiral. Esse conjunto é direcionado a fornos com temperaturas controladas até que se fundam em somente uma placa mais resistente (devido a união das chapas de vidro) e com capacidade de manter os pedaços de vidros presos a si em casos de quebra (devido às características do PVB). Por isso laminado é um vidro de segurança.

Vidro aramado

O vidro aramado figura na lista de melhor tipo de vidro para cobertura por oferecer função semelhante à do vidro laminado. Também classificado como vidro de segurança, a fabricação do vidro aramado utiliza uma malha metálica quadriculada incorporada diretamente na massa do vidro. Essa rede metálica fica responsável por manter os cacos de vidros suspensos em casos de quebra. É importante destacar que a malha quadriculada é sempre visível.

Fique atento com relação à projeção e instalação do seu telhado de vidro. Procure serviços de empresas que sabem qual melhor tipo de vidro para cobertura e usufrua do máximo de benefícios da estrutura. Mantenha contato com um colaborador da SEV Exclusivv para tirar eventuais dúvidas.

Qual o melhor vidro para cobertura de pergolado?

O melhor vidro para cobertura de pergolado é o laminado. O modelo conta com uma película PVB (polivinil butiral) que evita que os cacos de vidros se espalhem pelo ambiente em casos de quebra, mantendo a abertura fechada até manutenção. O vidro aramado também pode ser usado em pergolado com vidro.

Qual melhor vidro para claraboia?

O melhor vidro para claraboia é o laminado e/ou aramado, segundo determina as normas da ABNT. Ambos modelos possuem tecnologia capazes de manter os pedaços de vidro suspensos a si em casos de quebra, mantendo a lacuna instransponível até sua manutenção.

Qual a espessura do vidro para cobertura de pergolado?

A espessura do vidro para cobertura de pergolado depende de diversos fatores, como tamanho do vão, modelo da estrutura, etc. Geralmente, a espessura varia entre 08mm e 10mm, porém, alguns cenários pode exigir medidas especiais. O indicado é solicitar orçamentos de empresas especializadas no assunto.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Quanto custa uma divisória de vidro?

Definir quanto custa uma divisória de vidro depende de diversos fatores, como o modelo da estrutura, tamanho da divisória de ambientes, insumos utilizados na divisória – como alumínio, qualidade dos elementos para garantir estanqueidade. Também é preciso considerar o acabamento da aplicação e o tipo de vidro que será utilizado, tendo em vista que a divisória de ambientes aceita vidros com tecnologias e aparências distintas.

Vale destacar que, apesar de existir registros de orçamentos de divisória de vidro com custo aproximado, o preço da divisória de vidro apresentará variação entre as regiões. É preciso considerar que regiões mais afastadas dos grandes pólos industriais têm mais gastos para organizar sua logística, gastos estes que invariavelmente tem uma parcela repassada aos consumidores. Também é preciso considerar a qualificação da empresa escolhida para instalar a divisória de vidro; cuidado para o barato não sair caro.

Qual o preço da divisória de vidro?

Em uma busca rápida no banco de dados do Google.com é possível encontrar orçamentos com valores aproximados da divisória de vidro, porém, para definir quanto custa uma divisória de vidro capaz de anular suas necessidades é de extrema importância recorrer a orçamentos de empresas especializadas no assunto. Como já comentamos, o preço da divisória de vidro varia conforme as regiões, materiais utilizados em sua fabricação e mão de obra qualificada.

É primordial que a instalação da divisória de vidro seja realizada por equipes responsáveis, pois se trata de uma estrutura cuja sua projeção e instalação é regulamentada pelas normas da ABNT. A adequação da estrutura as normas regulamentadoras também muda quanto custa uma divisória de vidro; entretanto, fique atento a propostas ilusórias e fuja de orçamentos ou equipes que não garantam que a divisória de vidro esteja dentro das normas da ABNT.

Quanto custa uma divisória de vidro?

Veja o que pode interferir no preço da divisória de vidro:

Abaixo destacaremos algumas variantes que ajudam a determinar quanto custa uma divisória de vidro:

Modelo da divisória: As divisórias de ambientes estão disponíveis em modelos distintos (com qualidades e benefícios diferentes), o que interfere no preço da divisória. Veja alguns exemplos de modelos de divisórias de ambientes de vidro, comentados aqui no site.

Tamanho da estrutura: O tamanho da divisória de vidro é uma das características essenciais na definição de quanto custa uma divisória de vidro. Claramente, quanto maior o tamanho da divisória, mais elevado seu preço.

Tipo de vidro: Os tipos de vidros indicados para divisória de ambientes possuem valores diferentes, cenário que interfere em quanto custa uma divisória de vidro.

Tecnologia do vidro: A tecnologia também é determinante no preço da divisória de vidro. A divisória de vidro inteligente (smart glass), por exemplo, será mais cara que outros modelos devido à tecnologia agregada.

Acabamento: Os materiais escolhidos para o acabamento é outro fator que determina qual o valor de uma divisória de vidro. O alumínio, por exemplo, um dos materiais mais aplicados nos acabamentos, é comercializado por m².

Mão de obra qualificada: Sempre procure empresas especializadas em arquiteturas com vidros, como a SEV Exclusivv. Fique atento, pois divisórias de vidro fabricadas fora das normas da ABNT podem ser mais baratas, entretanto, pecam na oferta de segurança, durabilidade, resistência e estética da estrutura.

Quanto custa para fazer uma casa de vidro?

O preço de uma casa de vidro dependerá de muitos fatores, como tamanho, tipo de vidro e outros materiais de construção, acabamento, mão de obra especializada, localização da edificação, insumos disponíveis, etc. O indicado é procurar serviços especializados e solicitar um orçamento.

Qual o valor de uma parede de vidro?

Para definir o valor exato de uma parede de vidro é preciso recorrer aos orçamentos de empresas especializadas no assunto. Isso acontece porque o preço da parede de vidro depende de fatores como tamanho, tipo de vidro, tecnologias agregadas, mão de obra qualificada, dentre outros.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Qual é a função das esquadrias?

Responsáveis por viabilizar o fechamento de vãos como portas, janelas e portões, as esquadrias são indispensáveis para garantir a segurança, estética e conforto das edificações. Ao compreender qual é a função das esquadrias percebemos que a estrutura auxilia na troca de calor, ventilação e iluminação dos ambientes, além de impedir a entrada de intrusos, interagir com a decoração e criar uma ligação da área interna com a externas.

O mercado oferece modelos de esquadrias diversos, com diferenças possíveis de se observar no tipo da estrutura e nos materiais de fabricação. É importante saber qual é a função das esquadrias, pois com esse conhecimento conseguimos adequar uma necessidade do usuário às opções disponíveis no mercado. Fique atento, pois a escolha errada do layout ou material pode trazer prejuízos futuros. Na SEV Exclusivv você conta com consultoria especializada para te auxiliar nesse processo!

O que são esquadrias na construção civil

Devido às suas funções singulares, as esquadrias são amplamente utilizadas na construção civil e universo arquitetônico. Considere que a maioria das edificações precisam de uma abertura para entrada controlada de luz e ventilação e interação com o mundo externo. Esse controle precisa abranger ainda a privacidade e segurança dos ambientes para garantir o conforto de todos. Com as esquadrias (na forma de portas, janelas, etc) isso é possível!

Tipos de esquadrias

Agora que já sabemos qual é a função das esquadrias, vamos ver um pouco mais sobre os modelos de esquadrias disponibilizados pelo mercado. Primeiramente, vamos falar sobre os tipos de abertura, onde listamos os tipos mais populares:

- Esquadria basculante - Esquadrias de abrir - Esquadrias de correr - Esquadria maxim-ar - Esquadria Guilhotina

Vale lembrar que o mercado oferece diversos outros modelos de esquadrias. Cada tipo de abertura interage com qualidades como entrada de ar, iluminação, privacidade, conforto e estética. Além disso, os modelos acima descritos podem ser fabricados com materiais diversos, como a esquadria de:

- PVC - Madeira - Vidro - Alumínio

Os tipos de esquadria de alumínio são frequentemente requisitados por oferecerem ótimo custoxbenefício. Por outro lado, modelos como as esquadrias de pvc podem interferir no conforto acústico do ambiente, da mesma forma que uma esquadria de madeira modifica por completo a decoração do local. Além de saber qual é a função das esquadrias, é importante se atentar aos materiais de fabricação e modo de abertura para alcançar o conforto desejado.

Qual é a função das esquadrias

O mais indicado é contar com o auxílio de profissionais qualificados no segmento, pois dessa forma é possível harmonizar uma necessidade ao desejo do cliente. Além disso, equipes especializadas são capazes de manter todo um projeto dentro das diretrizes e normas da ABNT, proporcionando segurança e todos os outros benefícios que o vidro pode oferecer.

Sempre lembrando que na SEV Exclusivv você conta com equipe especializada em arquitetura com vidros. Possuímos estrutura diferenciada e profissionais sabem qual é a função das esquadrias e nos habilitam a oferecer a melhor alternativa para o seu desejo. Acesse nosso site e mantenha contato com um de nossos colaboradores.

O que significa esquadria na construção civil?

Em um projeto arquitetônico, esquadria é o nome da estrutura que permite a criação de portas, janelas, venezianas, portões, etc. As esquadrias são elementos primordiais em uma edificação, pois ficam responsáveis por garantir segurança, iluminação, ventilação, estética, interação com o mundo exterior, etc.

O que são janelas basculantes e onde geralmente são utilizadas?

As janelas basculantes são alternativas para fechamento de vãos posicionais em locais com dificuldade de acesso ou muito altos. A janela basculante se diferencia por possuir uma alavanca (básculo) para realizar a abertura e fechamento da janela com eficiência.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

O que é box Elegance?

O box Elegance é um tipo de box para banheiro com características inovadoras. Com roldanas aparentes, o modelo dá destaque para as partes metálicas enquanto seu sistema oferece movimentação suave das placas de vidro. Trata-se de um box de banheiro com design diferenciado capaz de agradar diversos gostos. Vale lembrar que o sistema é totalmente seguro, desde que projetado dentro das normas regulamentadoras. Saiba mais sobre no texto a seguir.

Box elegance o que é?

Os modelos de boxes elegance disponibilizados pelo mercado são capazes de satisfazer os desejos dos mais exigentes dos usuários. Esse tipo de box de banheiro é fabricado em cores diferentes e designs singulares que conseguem transformar qualquer banheiro em uma verdadeira sala para banho. Segundo os fabricantes, cada detalhe da estrutura foi pensado para combinar tendências e permitir que o box elegance harmonize facilmente com qualquer tipo de decoração.

Ainda falando sobre o são os boxes elegance, esse modelo conta com roldanas aparentes que, além de trazer inovação à estrutura, facilita o deslizar das placas de vidro durante o fechamento e abertura do box. Isso acontece porque o mecanismo do modelo é idealizado para que as rodinhas deslizem sobre os trilhos com delicadeza e elegância. Definitivamente, o elegance é um box que agrega valor (estético e financeiro) a qualquer projeto arquitetônico.

Modelos de boxes elegance

O segmento arquitetônico pode contar com diversos modelos de boxes elegance a disposição. Isso acontece porque, além da estrutura permitir personalização de tamanho e layouts, ainda é possível aplicar vidros especiais, como vidros coloridos, vidro acidato, vidro jateado, dentre outros. Veja alguns dos principais tipos de boxes elegance procurados no mercado:

- boxes elegance preto - boxes elegance cromado - boxes elegance branco - boxes  elegance frontal - boxes elegance canto

Lembramos que a projeção e instalação de box elegance deve ser realizada em conformidade com as normas da ABNT. É importante recorrer a consultoria ou profissionais que sabem o que é box elegance, pois dessa forma aproveitamos o máximo de benefícios da estrutura, como a estética singular, organização do ambiente, segurança, estanqueidade, durabilidade, dentre outros.

O que é box Elegance

O que diz a norma?

Para quem procura saber o que é box elegance, saiba que adequar o box de banheiro as normas é essencial. Considere que é uma estrutura pensada para, antes de tudo, garantir a organização e segurança no banheiro, e por esse motivo não deve ser fabricada fora das especificações. Arquitetura com vidro é coisa séria! A ABNT elenca diretrizes para instalação de box de banheiro em suas normas NBR 14207 – Boxes de banheiro fabricados com vidros de segurança.

O texto indica que os vidros a serem utilizados em boxes de banheiro devem ser laminados ou temperados com ou sem película. A ABNT NBR 14207 também possui uma tabela indicativa das espessuras recomendadas para vidros de box, considerando fatores como dimensões, forma de aplicação e tipo de vidro. Por isso é importante recorrer a empresas especializadas no assunto.

Aqui na SEV Exclusivv somos especialistas em arquiteturas com vidros e sabemos exatamente o que é box elegance. Garantimos a projeção e instalação do seu box de banheiro elegance totalmente dentro das normas regulamentadoras, com consultoria especializada, mão de obra qualificada e os melhores prazos do mercado. Acesse nosso site e se certifique.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Como decorar com espelhos?

O espelho é um material versátil e possibilita ser aplicado de diferentes formas na decoração. Bons exemplos temos no revestimento de móveis e paredes, na combinação do espelho com móveis como aparador; decoração da sala de jantar, uso de espelhos decorativos nas paredes – com ou sem molduras, sempre criando destaques singulares. O espelho também auxilia na decoração de espaços pequenos ao interagir com a amplitude visual e iluminação. Ficou curioso? Veja como decorar com espelhos e solte sua criatividade.

Como usar espelhos na decoração da casa

A decoração com espelhos é alternativa para alcançar diversas vantagens nos ambientes residenciais ou corporativos. Além de contribuir esteticamente, o espelho pode trazer benefícios funcionais aos espaços, tendo em vista que possui a capacidade de, visualmente falando, duplicar o tamanho dos locais, se tornando alternativa eficaz decorações de ambientes pequenos, por exemplo.

Os espelhos também são capazes de se relacionar com os focos de luz dos ambientes; o que permite a manipulação da iluminação do local. Com sabedoria ou auxílio de um profissional que saiba como decorar com espelhos é possível, por exemplo, catalisar um foco de luz e distribuí-lo para outro espaço onde a iluminação não chegaria normalmente; ou ainda utilizar espelhos para diminuir a iluminação excessiva dos ambientes, como é possível com os vidros fumê e bronze, por exemplo.

Outro exemplo sobre como decorar com espelhos consiste em aproveitar a capacidade de reflexão do elemento para duplicar obras de artes ou cenários agradáveis. Ainda é possível optar pela decoração com espelhos para trazer uma vista do exterior para dentro de um ambiente – experimente, por exemplo, instalar um espelho na parede contrária a uma janela ou porta e veja a magia acontecer.

Decorar com espelho

Apesar de as possibilidades serem inúmeras e dependerem do gosto e desejo de cada usuário, deixaremos uma lista com dez dicas sobre como decorar com espelhos:

01 – Utilize espelhos para trazer amplitude a ambientes pequenos 02 – Na parede o espelho pode revestir toda a área ou ser aplicado em formatos diversos 03 – Aposte em espelhos para decorar a sala de jantar, sala de estar e/ou quartos 04 – Espelhos com molduras são capazes de modificar por completo a atmosfera de um ambiente 05 – Espelhos bisotados e facetados são alternativas para decorações inovadoras 06 – Experimente combinar espelhos com móveis, como aparador ou estantes 07 – O mercado oferece modelos de espelhos inovadores, como o espelho 3D, espelho bronze, espelho fumê

08 – Revestir móveis com espelhos faz com que a estrutura se transforme em destaque ou se camufle no restante da decoração

09 – Evite instalar espelhos em locais que refletirão ambientes desagradáveis 10 – Aposte decoração com espelhos de linhas retas, espelho redondo ou com curvas sinuosas

É importante saber como decorar com espelhos para não projetar ambientes desconfortáveis visualmente, como tende a acontecer quando utilizamos muitos modelos em um mesmo ambiente. Além disso, como já comentado, existem modelos de espelhos com características diferentes e que podem oferecer benefícios distintos. Na dúvida, não hesite em procurar serviços especializados no segmento, como os serviços oferecidos pela SEV Exclusivv.

Como decorar com espelhos

O que colocar ao redor do espelho?

O espelho pode receber molduras ou beneficiamento em suas bordas, como é o caso do espelho bisotado e/ou facetado. Também é possível decorar a moldura com objetos como madeira, pedras, conchas, cordas, etc.

Como decorar uma parede com espelho pequeno?

Para decorar uma parede com espelho pequeno aposte no uso do elemento para duplicar uma visão agradável ou uma obra de arte, por exemplo. Cuidado para não refletir cenários desagradáveis ou com muita informação.

Qual melhor espelho para sala?

O espelho pode ser utilizado para trazer amplitude visual ou instalado em harmonia com móveis, como um aparador ou mesa de jantar. Na sala o espelho também é alternativa para criação de detalhes ou para ser utilizado revestimento de paredes inteiras.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Como montar uma divisória de vidro?

Como montar uma divisória de vidro? - Falando de maneira resumida, para montar uma divisória é preciso alinhar e fixar guias na parede e no teto através de parafusos; estas guias receberão as placas de vidro, que serão acomodadas junto aos cantos, para então encaixar a bandeira e fechar o painel cego. Na sequência é preciso colocar o montante (semelhante a guia) que acompanha o próximo módulo, e assim repetir o processo até a finalizar a estrutura.

O indicado é que esse processo seja efetuado por profissionais especializados no segmento e que saibam exatamente como montar uma divisória de vidro. Isso acontece porque existe estruturas diferenciadas, possibilidade da existência de porta e/ou janela, oportunidade de usar vidros com tecnologias distintas; com destaque para a necessidade de enquadrar todo o projeto dentro das normas da ABNT – ver NBR 7199 – e manter a segurança de todos. Fique atento com propostas ilusórias.

Como instalar divisória de vidro

É importante saber como montar uma divisória de vidro com eficiência para garantir todos as vantagens que a estrutura pode oferecer. Quando utilizada com criatividade as divisórias de vidro garantem predicados distintos aos ambientes, seja facilitando a higienização, trazendo mais durabilidade, estimulando a comunicação visual e escrita, permitindo supervisão de tarefas, contribuindo para a estética, enfim, são diversos benefícios capazes de anular necessidades específicas.

É importante saber com detalhes como montar uma divisória de vidro para extrair o máximo de qualidades que a estrutura pode oferecer para um projeto. Vale lembrar ainda que o mercado oferece vidros com tecnologias distintas capazes de garantir privacidade e confortos acústico e térmico aos usuários, tornando os painéis de divisórias com vidro em uma ótima alternativa para organizar ambientes distintos. Não por acaso o mercado oferece:

- Divisórias de vidro para cozinha e outros cômodos - Divisórias para lavanderia - Divisória para escritórios e home offices - Divisórias corporativas

Empresas de diversos segmentos recorrem a instalação de divisórias de vidro para melhorar o cotidiano laboral. No universo corporativo a divisória em vidro pode ampliar o alcance do marketing empresarial, facilitar a comunicação dos colaboradores e supervisão do andamento das tarefas, pode trazer destaque para ambientes singulares (como sala de diretoria) e ainda ajudar na exposição de ideias – tendo em vista que a divisória de vidro pode fazer o papel de lousa/painel de informações.

  Como montar uma divisória de vidro

Como colocar divisórias de vidro

Com criatividade e mão de obra qualificada as divisórias de vidro delimitam e organizam o ambiente enquanto agrega estética, modernidade e funcionalidade aos espaços. Entretanto, é preciso destacar que não basta saber, superficialmente, como montar uma divisória de vidro, é preciso capacidade para manter todo o projeto dentro das diretrizes e normas da ABNT. Lembre-se de que para cada aplicação existe um tipo de vidro, e com as divisórias esse cenário não seria diferente.

A ABNT, através da NBR 7199, dita as principais regras para o uso do vidro na arquitetura e construção civil. Tecnicamente, ao considerar a finalidade da estrutura e o fato de se manter em contato direto com as pessoas, é preciso aplicar vidros de segurança, com exceção para as divisórias instaladas acima de 1,10m em relação ao piso, que além dos vidros de segurança podem ser compostas por vidros comuns e/ou impressos, encaixilhados ou colados por todo o perímetro.

Aqui fazemos um destaque para os modelos considerados vidro de segurança:

- Vidro laminado - Vidro temperado - Vidro aramado

Vale lembrar que a estrutura pode ser fabricada com vidro insulado (vidro duplo), cenário que amplifica as funcionalidades e características de conforto e segurança da divisória; além de permitir a utilização de vidros de tecnologias diferentes em uma mesma aplicação. Interessante, não? Esperamos que tenha entendido como montar uma divisória de vidro e, se precisar de ajuda profissional, conte com a equipe da SEV Exclusivv.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Qual é o papel da cobertura de vidro?

A cobertura de vidro oferece benefícios funcionais, agrega estética e traz conforto aos locais onde é instalada. Esclarecendo qual é o papel da cobertura de vidro, destacamos que além de proteger os ambientes de intempéries, é possível, por exemplo, dar vida a coberturas (teto de vidro ou telhado de vidro) esteticamente agradáveis e que permitam a visualização do mundo exterior, tragam alívio térmico, conforto acústico, facilidade de limpeza, dentre outros.

É importante destacar que os principais benefícios e vantagens da cobertura de vidro só estarão presentes caso a estrutura seja projetada dentro das normas regulamentadoras. Isso quer dizer que é de suma importância que a instalação seja realizada por equipes responsáveis que se comprometam em harmonizar todo o teto de vidro às normas da ABNT. Se você ficou interessado, no artigo de hoje irá compreender qual é o papel da cobertura de vidro, os benefícios e vantagens da estrutura. Vamos lá?

O que é uma cobertura de vidro?

A cobertura em vidro é uma estrutura singular que pode ser instalada em ambientes internos e externos. Além de proteger os ambientes das intempéries, a estrutura garante a projeção de locais confortáveis, seguros, visualmente agradáveis e valoriza a edificação como um todo. É importante destacar que um telhado de vidro aceita vidros com diversas tecnologias, inclusive aquelas que interagem com a acústica, privacidade e calor dos ambientes.

Além disso, a indústria oferece teto de vidro retráteis ou fixos e outras soluções que visam atender interesses residenciais e comerciais. Cabe salientar que os vidros utilizados em coberturas são definidos pelas normas da ABNT e oferecem proteção aos usuários até mesmo em casos de quebra, cenário que torna a estrutura em uma aplicação confiável e segura.

Cobertura de vidro - Vantagens e desvantagens

Como é possível observar no decorrer do texto, quando projetado com os insumos corretos o teto de vidro oferece diversas vantagens aos usuários. Em contrapartida, as desvantagens da cobertura de vidro geralmente se revelam devido ao uso de vidros errados ou instalação inadequada. Por isso é importante saber qual é o papel da cobertura de vidro para realizar a instalação de maneira correta! Veja algumas vantagens e desvantagens da cobertura de vidro.

Vantagens do telhado de vidro

- Economia de energia elétrica. Com o uso dos vidros corretos o ambiente ganha em iluminação e diminui o uso de climatizadores de ar.

- Integração dos ambientes. O vidro é capaz de integrar o lado interno com o ambiente externo, oferecendo visões singulares aos usuários.

- Amplitude de espaço. Devido à sua transparência, a cobertura em vidro faz parecer que não existe barreiras físicas no telhado!

- Resistência e durabilidade. O vidro é um material de baixa deterioração, ou seja, que dura muitos anos. Além disso, a tecnologia atual permite a criação de vidros resistentes como o laminado, vidro indicado para cobertura.

- Baixa manutenção. A cobertura de vidro exige pouca manutenção - considerando que o vidro é resistente e duradouro. Além disso, é possível optar por vidros autolimpantes e tornar a manutenção ainda mais simples!

- Proteção contra raios UV. Os raios ultravioletas é prejudicial à nossa saúde e ainda provoca danos à móveis e estofados. Com o uso do vidro certo na cobertura é possível bloqueá-los.

- Segurança. Os vidros indicados para cobertura são classificados como vidro de segurança e oferecem proteção aos usuários até depois de estilhaçado.

- Valorização do imóvel. O teto de vidro é uma estrutura singular e capaz de agradar aos clientes mais exigentes.

Ainda falando sobre qual é o papel da cobertura de vidro, é preciso reforçar que todos os benefícios da estrutura só serão bem aproveitados se a aplicação for projetada em conformidade com as normas da ABNT e por equipes especializadas no segmento. Coberturas fabricadas com vidros errados ou insumos inadequados podem trazer dificuldades, como veremos abaixo.

Qual é o papel da cobertura de vidro

Desvantagens da cobertura de vidro

Veja algumas das desvantagens do telhado de vidro:

- Preço elevado. Principalmente se comparado com as coberturas tradicionais. Entretanto, é preciso considerar que a cobertura de vidro oferece funcionalidades que outros modelos não alcançam.

- Dificuldade em encontrar equipes especializadas no assunto. Profissionais inexperientes podem criar coberturas de vidro com baixa segurança e prejuízos estéticos.

Outros problemas com o telhado de vidro – como os relacionados à estanqueidade e calor excessivo - geralmente surgem em decorrência de má instalação da cobertura. Aqui, na SEV Exclusivv, sabemos especificamente qual é o papel da cobertura de vidro e possuímos equipe especializada no assunto, capazes de manter toda a sua obra dentro do gosto do cliente e das normas regulamentadoras. Mantenha contato com nossa equipe e faça uma consulta!

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.