Qual o mais caro, policarbonato ou vidro?

Atualmente, o policarbonato é mais caro que o vidro. Nessa conta é preciso considerar, além do preço do metro quadrado de cada material, os benefícios, vantagens e desvantagens de cada cobertura. O policarbonato, além de ser mais caro que o vidro, oferece desvantagens relacionadas à funcionalidade, estética (podem ficar opacas) e manutenção - pois suja com facilidade e sua estrutura dificulta o acesso para limpeza.

Ainda falando sobre qual o mais caro, policarbonato ou vidro, é importante destacar que o policarbonato exige mais episódios de limpeza, o que pode encarecer o projeto no final das contas, lembrando que esse tipo de estrutura é construída para durar muitos anos. É preciso, também, considerar questões relacionadas ao conforto térmico, que, quando presentes no policarbonato, não são tão eficientes se comparado ao vidro.

Em favor do vidro e para facilitar o entendimento sobre qual o mais caro, policarbonato ou vidro, destacamos que é possível atribuir propriedades térmicas às chapas de vidro, cenário que permite que a luz natural entre no ambiente, porém, mantenha a maior parte do calor do lado de fora. Além disso, o mercado vidreiro oferece uma vasta lista de opções de vidros e beneficiamentos possíveis de serem atribuídos às placas, como o vidro colorido, vidro acústico, vidro de controle solar, vidro autolimpante, etc.

O vidro autolimpante, por exemplo, é perfeito para coberturas e pergolados, pois possui tecnologia capaz de se limpar sozinho, apenas como auxílio dos raios solares e água da chuva. Existem ainda alternativas que garantem a privacidade, amplificam a resistência e durabilidade, atribuem singularidade, etc; cenário que invariavelmente valoriza o imóvel por completo, seja do ponto de vista decorativo ou financeiro, demonstrando, no final das contas, porque o vidro é mais barato que o policarbonato.

Cobertura Vidro Pergolado

Vidro ou policarbonato

Principais alternativas para projeção de coberturas translúcidas, o vidro e o policarbonato dividem o protagonismo nesse segmento. Para complementar nosso artigo sobre qual o mais caro, policarbonato ou vidro, o policarbonato possui suas vantagens, como o fato de ser mais leve que o vidro – o que exigiria, em tese, estruturas menos robustas para a instalação; porém, existem diversos registros relacionados à dificuldade de limpeza que esse tipo de material oferece.

Isso acontece porque o policarbonato costuma ser maleável, o que facilita a infiltração de sujeiras nas junções das placas. O fato de ser maleável dificulta ainda mais a limpeza da estrutura, pois a flexibilidade do policarbonato não oferece segurança ou confiança para os usuários fazer o procedimento, sendo que em alguns casos é preciso utilizar equipamentos de segurança. Todos esses fatores devem ser considerados para definir qual o mais caro, policarbonato ou vidro.

É importante lembrar que, independente do material escolhido, a estrutura deve estar harmonizada com as normas da ABNT, pois dessa forma o usuário aproveita todos os benefícios da aplicação com o máximo de segurança possível. Caso queira conhecer um pouco sobre os benefícios do vidro para coberturas, acesse o site da SEV Exclusivv. Trabalhamos somente com vidros especiais e total comprometimento com segurança.

E já finalizando nosso tema sobre qual o mais caro, policarbonato ou vidro, destacamos que por aqui você encontra consultoria especializada e profissionais qualificados e experientes em instalação de cobertura fixa, cobertura em pergolado, cobertura autolimpante, cobertura acústica, cobertura de vidro retrátil automática e manual, cobertura de controle solar e outras. Pensou em vidro? Pensou SEV Exclusivv.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.