Como fixar vidro no chão?

É preciso recorrer a serviços de profissionais que sabem como fixar vidro no chão, pois essa tarefa requer muito estudo, cálculos milimétricos, aplicação do vidro (tipo e espessura) corretos, harmonização do projeto às normas da ABNT, dentre outros. É indicado, por exemplo, a presença de calços de borracha para evitar o contato direto entre as bordas do vidro e outros insumos rígidos, placas temperadas para casos onde exista necessidade de furação no vidro, cuidados para evitar escorregões, etc.

 

É válido destacar que cada projeto é único, sendo que somente um estudo aprofundado pode esclarecer a melhor forma de como fixar vidro no chão. De qualquer maneira, é possível afirmar que, com os estudos adequados que indiquem os vidros e especificações corretas, um piso de vidro é capaz de suportar muito peso. Não por acaso as pontes de vidro são populares em diversos países, como a China, onde é aposta turística devido à inovação e estética singular.

Abaixo listaremos algumas considerações a serem feitas ao pesquisar como fixar vidro no chão. Entretanto, reforçamos que a instalação de piso de vidro deve ser realizada por empresas especializadas, pois envolve diversos estudos e qualquer erro pode ser fatal. Arquitetura com vidros é coisa séria e deve ser exercida por profissionais habilitados. Em caso de dúvidas, mantenha contato com um colaborador SEV Exclusivv!

Piso de Vidro

Dicas e considerações para fixar vidro no chão.

Dando continuidade ao nosso artigo sobre como fixar vidro no chão, segue algumas considerações importantes a serem feitas para garantir uma instalação do piso de vidro de forma adequada:

 

- Vidro certo: A escolha do vidro correto é a primeira consideração a ser feita. Segundo indica as normas da ABNT, os vidros para chão, piso, passarelas e outras estruturas do gênero devem ser laminados e suas variações, como os vidros laminados de temperados ou os fabricados com película estrutural.

 

- Cálculos específicos: Os cálculos e estudos realizados para a projeção de um piso de vidro deve ser feito de maneira meticulosa, pois se forem realizados de erroneamente causam prejuízos ao conjunto todo, podendo ocasionar acidentes sérios. Nesses cálculos são considerados diversos fatores, como:

 

- Peso que a estrutura irá suportar;

 

- A dimensão das peças;

 

- Espessura ideal das placas de vidro;

 

- Possíveis cargas extras;

 

Os cálculos de como fixar vidro no chão devem considerar ainda possíveis rupturas do vidro e projetar estruturas que garantam que, em casos de quebra de uma chapa, as outras placas de vidro sejam capazes de suportar o peso do piso até o evacuamento total da área. Portanto, fique atento.

 

- Anular atritos entre os vidros: Outra preocupação a se tomar durante a instalação de vidros no chão consiste na necessidade de anular a possibilidade de atritos entre as placas de vidro e outras áreas, principalmente as bordas do vidro contra materiais rígidos, como a cabeça de um parafuso. Aplique calços de borracha para evitar esses atritos.

 

Existem ainda outros fatores a se considerar no momento de instalar vidro no chão, como quando os apoios exigem furação dos vidros, possibilidade de aplicar vidros com texturas em áreas possíveis de molhar, dentre outros. Por isso a importância de procurar consultoria especializada com empresas do ramo, como a SEV Exclusivv!

   
"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.

Piso de Vidro é seguro?

Pessoal? Vocês acham que piso de vidro é seguro? Pois nós garantimos a você que, quando fabricado com os vidros corretos, insumos indicados e dentro das normatizações e diretrizes da ABNT o piso de vidro é resistente sim, e muito! Se você pretende inovar em seu projeto arquitetônico ou ficou curioso sobre o assunto, acompanhe esse artigo para entender quando e como o piso de vidro é seguro!

Piso de vidro? Como assim?

A ideia pode causar espanto, mas o piso de vidro é uma alternativa eficaz para participar de projeto inovadores. Acontece que os pisos de vidro trazem bem mais que inovação aos ambientes, pois são capazes de aumentar o tráfego de luz natural, agregar amplitude e facilitam a integração de ambientes.

Não é por acaso que existem diversos registros de passarelas e pontes feitas com piso de vidro, como é o caso das gigantescas pontes de vidro da China, estruturas que se transformaram em cartões postais e recebem milhares de visitantes todos os anos - da China e do resto do mundo. No Brasil também possuímos exemplos de grandes estruturas com piso de vidro, como é o caso do Sampa Sky e do Skyglass, plataforma que se projeta a 360m de altura, construída na cidade de Canela-RS.

Entretanto, para que o piso de vidro seja seguro é preciso se atentar a diversos detalhes. De certa forma essa é uma estrutura que não deve ser projetada por leigos, pois qualquer erro nos cálculos pode representar uma tragédia. Portanto, se você pretende usufruir desta magia contrate uma empresa que saiba como fazer piso de vidro seguro e evite dores de cabeça futuras. Piso de Vidro é seguro

Veja quando o piso de vidro é seguro

O piso de vidro é seguro quando é projetado por equipes especializadas capazes de adequar todo o projeto dentro das normas da ABNT. Isso consiste, por exemplo, em:

- Utilizar o vidro correto para cada aplicação.

- Identificar a necessidade de insumos especiais

- Realizar os cálculos específicos corretamente

- Saber quando aplicar piso de vidro antiderrapante

- Anular das possibilidades de atrito das placas de vidro com a estrutura

- Adequar as necessidades dos usuários às obrigatoriedades das normas regulamentadoras

É importante destacar que a estrutura para piso de vidro, em si, não possui regulamentação exclusiva no Brasil. Dessa forma as equipes responsáveis precisarão adaptar todo o projeto do piso de vidro às normas da ABNT NBR 7199, que versa sobre a utilização de vidros na construção civil.

Resumidamente, a ABNT indica que esse modelo de estrutura precisa contar com vidros laminados, classificados como vidro de segurança por serem mais resistentes e se partirem de forma segura aos usuários. Mas ainda é preciso estudar outros fatores para garantir que o piso de vidro é seguro.

Existem cenários onde será preciso utilizar placas de vidro laminadas de temperado – como é o caso de o vidro precisar de furação para se adaptar a estrutura. Também pode ser preciso recorrer a placas multilaminadas ou a vidros laminados com interlayers especiais, como o SentryGlas®, um tipo de vidro fabricado com uma película altamente resistente e indicada para absorver altos impactos. Por isso é importante contar com consultoria de equipes especializadas no assunto.

Não se esqueça de que a SEV Exclusivv é especialista no ramo de arquitetura com vidros. Se você ainda não se convenceu de que o piso de vidro é seguro, contate um de nossos colaboradores e obtenha mais detalhes! Por aqui o que você sonha a gente realiza.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.