Quais são as partes constituintes das esquadrias janelas e portas?

As partes constituintes das esquadrias de janelas e portas são o contramarco, marco e o caixilho. O contramarco pode ser representado pela moldura que vai fixada na parede e define o tamanhão do vão; o marco é o elemento externo da esquadria que acomodará o caixilho (como um batente de porta); e o caixilho, também chamado de folha, é a parte que vedará/fechará o vão, como a porta ou a janela em si.

 

Para enriquecer nosso entendimento sobre quais são as partes constituintes das esquadrias janelas e portas, lembramos que esquadrias são as estruturas que dão vida a aplicações como portas e janelas, além de venezianas, alçapões, portões, grades, etc. Essa estrutura é classificada de diversas formas - e uma delas diz respeito à função da estrutura. Por isso que popularmente as esquadrias são chamadas de portas, janelas, portões, venezianas, etc. Interessante, não?

Quais as partes de uma esquadria?

Tecnicamente, a esquadria é uma estrutura de vedação vertical utilizada no fechamento de vãos e aberturas diversas, permitindo controle de passagem de agentes como poeira, chuva, raios solares, ruídos, pessoas, animais, etc. Para possibilitar a criação desse tipo de estrutura o profissional precisa recorrer a basicamente 3 partes principais. Veja detalhes e quais são as partes constituintes das esquadrias janelas e portas:

Contramarco:   

O contramarco, geralmente, é um contorno de madeira ou alumínio preparado especialmente para definir o vão onde no futuro será instalado o marco e as folhas. É a parte fixa e não visível das esquadrias. Esse elemento facilita o processo de acabamento e permite que o profissional instale as portas, janelas e etc somente após a realização de atividades que poderiam danificar as esquadrias. O contramarco não é indispensável, mas muito importante, em caso de dúvidas consulte um profissional do ramo.

Marco:

Dando continuidade a nossa lista sobre quais são as partes constituintes das esquadrias janelas e portas, o marco é representado pela parte fixa visível das janelas e portas. Trata-se da estrutura que receberá as dobradiças para abrir e fechar a aplicação – como o batente, por exemplo. Considerando esse fato, fica claro que o marco é indispensável para o funcionamento do sistema de abertura e fechamento da esquadria.

 

Folha ou caixilho: Enquanto o marco e contramarco dão sustentação a estrutura, a folha (caixilho)

fica responsável pela vedação e controle de agentes. Para isso o marco acomoda o caixilho ou folha, elementos móveis ou fixos fabricados a partir do vidro, madeira, persiana ou outro material para fechamento de vão. Em uma esquadria para porta, por exemplo, a folha seria a própria porta, em si.

Quais são as partes constituintes das esquadrias janelas e portas?

Quais são as funções das esquadrias?

Ainda esclarecendo quais são as partes constituintes das esquadrias janelas e portas, as esquadrias são essenciais em diversas aplicações, pois ficam responsáveis por desempenhar diversas funções, como integração de ambientes, proteção das edificações, controle de entrada e saída de pessoas/intrusos, interação com iluminação natural, ventilação dos espaços, decoração, etc. Além disso, a projeção de esquadrias consome uma fatia considerável do orçamento disponível para as obras, sendo essencial que sejam projetadas com precisão para evitar retrabalhos e desperdício de dinheiro.

Sendo assim, sempre confie seus projetos arquitetônicos a empresas especializadas no segmento. Aqui na SEV Exclusivv você conta com consultoria especializada e profissionais que sabem quais são as partes constituintes das esquadrias janelas e portas e, dessa forma, podemos harmonizar a sua necessidade às opções disponíveis no mercado e às normas da ABNT.

FAQ – Perguntas e Respostas

- O que é uma folha de esquadria?

A folha de uma esquadria é o elemento superficial da estrutura. Por exemplo, quando uma esquadria abre em duas partes, isso quer dizer que a esquadria possui duas folhas. A folha de uma esquadria pode abrir de diversas formas para facilitar o controle de agentes e estanqueidade da estrutura.

- O que são as esquadrias?

As esquadrias são estruturas que permitem o fechamento de vãos e aberturas, criando aplicações como portas, janelas, cobogós, alçapões, grades, etc. É popularmente referido conforme à sua função (como portas e janelas), mas podem ser classificadas a partir do modo de abertura e material de fabricação.

"
O mercado vidreiro no Brasil é desorganizado, isso contribui para que o vidro não esteja na evidência merecida. Um dos motivos da nossa fusão anos atrás foi para isso, estrategicamente unimos o know-how de consultoria, projetos e execução, podendo de fato atender em escala as altas exigências de incorporadoras alto padrão e arquitetos
"

Daniel Estrela

CEO da SEV Exclusivv.